Cruzeiro
1

CRUZEIRO

Sem chances no Cruzeiro, zagueiro Marllon pode se transferir para a Ponte Preta

Jogador não vem sendo aproveitado pelo técnico Ney Franco no elenco

postado em 07/10/2020 17:29 / atualizado em 08/10/2020 18:24

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Sem chances com o técnico Ney Franco no Cruzeiro, o zagueiro Marllon, que tem os direitos econômicos ligados ao Corinthians, pode se transferir para a Ponte Preta, clube pelo qual foi vice-campeão paulista em 2017. A informação do Globoesporte foi confirmada ao Superesportes por Giuliano Aranda, o Magrão, empresário do atleta. A Raposa, por sua vez, só comenta negociações que estejam concretizadas.

Sob o comando de Ney Franco, Marllon ficou no banco de reservas apenas duas vezes: vitória por 3 a 0 sobre a Ponte Preta, em 30 de setembro, no Mineirão, e derrota por 1 a 0 para o Cuiabá, em 3 de outubro, na Arena Pantanal. O jogador só foi convocado devido às ausências de Léo, por lesão, e Cacá, por suspensão/desgaste.

Antes, com Enderson Moreira, Marllon participou do segundo tempo da vitória sobre o Figueirense, por 1 a 0, pela terceira rodada da Série B, além de dois jogos pela fase classificatória do Mineiro: URT, no Mineirão (3 a 0), e Caldense, em Poços de Caldas (1 a 0). O defensor de 28 anos também atuou contra o Coimbra, em 15 de março, quando Adilson Batista acabou demitido após a derrota por 1 a 0, no Independência.

Em sua apresentação no Cruzeiro, em 10 de março, Marllon se descreveu como “zagueiro-zagueiro” - aquele que joga de maneira simples, preocupando-se especialmente com as obrigações defensivas. “Difícil até de eu falar. Deixo o torcedor para falar a respeito. Mas sou um zagueiro de velocidade, que batalha bastante e luta pelas jogadas. Procuro ser um zagueiro-zagueiro”.

Apesar da modéstia ao falar sobre as qualidades em outras funções, o jogador conseguiu balançar a rede na vitória por 3 a 0 sobre a URT, em 26 de julho, no Mineirão, pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro. Na ocasião, ele se aproveitou de rebote do goleiro Cris após jogada do ponta-direita Stênio e, fazendo o papel de centroavante, colocou a redonda para dentro do gol aos 8min do segundo tempo.

Se Marllon for liberado para a Ponte Preta, o Cruzeiro passará a ter cinco zagueiros no elenco. Além de Manoel e Ramon, titulares diante de Ponte Preta e Cuiabá, as opções são Cacá, Léo e o jovem Paulo, de 18 anos. Já a dupla titular do sub-20 é formada por Geovane e Gustavo Medina. Em 17º lugar na Série B, com 11 pontos, a Raposa enfrenta o Sampaio Corrêa nesta quinta-feira, às 18h30, no Mineirão, e precisa da vitória para subir duas posições na classificação.

Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional pontepretasp mercadobola Marllon