Cruzeiro

CRUZEIRO

Deputado Léo Portela anuncia saída do Cruzeiro

Parlamentar deixou a superintendência de relações institucionais e governamentais

postado em 15/10/2020 10:27 / atualizado em 15/10/2020 13:01

(Foto: Arquivo pessoal/Twitter)
O deputado estadual Léo Portela anunciou na manhã desta quinta-feira a saída do cargo de superintendente de relações institucionais e governamentais do Cruzeiro. Ele ressaltou ter trabalhado por mais de 100 dias para defender os interesses do clube junto a autoridades.

“Diante disso, encerro meu ciclo. Foram pouco mais de 100 dias, nos quais trabalhando com as autoridades, também garantimos o indiciamento de Wagner Pires, Itair Machado e cia. Agradeço ao amigo Sérgio Santos Rodrigues pela confiança. Prosseguirei defendendo o Palestra Estrelado na ALMG”, publicou o parlamentar em seu perfil no Twitter.

Bastante ativo nas redes sociais, Portela ficou marcado por alguns posicionamentos polêmicos em relação ao Cruzeiro, bem como por seu alinhamento com o presidente da República, Jair Bolsonaro.

Quando o clube ainda era dirigido pelo conselho gestor, o deputado usou o termo “bando de mente pequena e incompetência grande” para reclamar de treinadores e jogadores.

“Parem de pensar em técnico de Série B e jogadores de Série B, pensem em técnicos e jogadores de QUALIDADE. Bando de mente pequena e incompetência grande!”, escreveu, em 15 de março.

(Foto: Twitter/Reprodução)

Na ocasião, a Raposa havia perdido para o Coimbra por 1 a 0, no Independência, pelo Campeonato Mineiro. O revés determinou as demissões do técnico Adilson Batista e do diretor de futebol Ocimar Bolicenho.

No dia 9 de julho, Léo Portela cravou o retorno do Cruzeiro à Série A com bastante antecedência. “Quando o Cruzeiro comemorar o Centenário, já estaremos garantidos na Série A. Favoritem”.

Hoje, o time está em penúltimo lugar, com 12 pontos em 15 rodadas, e tem apenas 1,1% de probabilidade de subir à primeira divisão, de acordo com o Departamento de Matemática da UFMG.

Por fim, no dia 30 de setembro, após a vitória do Cruzeiro sobre a Ponte Preta por 3 a 0, o parlamentar da Assembleia Legislativa de Minas Gerais mostrou todo o seu apoio a Bolsonaro.

“Feliz por receber uma ligação do presidente Jair Bolsonaro. Ele estava com o deputado federal Lincoln Portela (pai de Léo Portela), disse que esperava me ver hoje (não pude ir a Brasília) e que tinha certeza que as coisas mudariam a partir desse dia. O homem sabe das coisas, cortou a Zyka! Por que choras lacrosfera?”.

(Foto: Reprodução/Twitter)

Entre respostas positivas de simpatizantes a Bolsonaro e reações negativas de quem desaprova o mandato do presidente, Portela justificou a postagem.

“Precisamos ter bom relacionamento com o governo federal, querem representatividade para o Cruzeiro fechando portas? Depois reclamam de PROFUT, do judiciário, entre outros... Acordem! Os cães lacram, mas a caravana não para. Segue o jogo!”

Procurado para comentar a decisão do superintendente de encerrar as suas atividades na sede administrativa, o Cruzeiro até o momento não retornou o contato da reportagem.

Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional Raposa Léo Portela