Cruzeiro
1

CRUZEIRO

Crispim, Ruschel, Wellington Paulista: diretor do Cruzeiro explica mercado

André Mazzuco esclareceu as situações de atletas especulados na Raposa

postado em 04/02/2021 13:04 / atualizado em 04/02/2021 13:21

(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)

Em conversa com os sócios da categoria Diamante nesta quinta-feira, o diretor de futebol do Cruzeiro, André Mazzuco, explicou as ações do clube no mercado. Ele esclareceu as situações de atletas especulados na Raposa, como Lucas Crispim, do Guarani, Alan Ruschel, da Chapecoense, e Wellington Paulista, do Fortaleza.

Mazzuco praticamente descartou o meia Lucas Crispim, um dos destaques do Guarani. "Antes mesmo de eu chegar ao Cruzeiro, ele já estava com pré-contrato assinado. Não seria um jogador com muita facilidade para trazer. Um bom jogador, mas não sei se é o perfil ideal", disse.

Sobre a possibilidade de o Cruzeiro contratar o lateral-esquerdo Alan Ruschel, Mazzuco garantiu: "Não houve proposta".

Em relação ao atacante Wellington Paulista, o dirigente se esquivou. "Wellington Paulista tem situação confortável no Fortaleza, teve boa passagem por aqui. Trabalhou aqui no Cruzeiro, trabalhou comigo no Coritiba".

Em contato com o Superesportes no dia 1º de fevereiro, o empresário de WP9, Alexandre Oliveira, garantiu que conversou com Mazzuco.

“Recebi uma consulta do André Mazzuco há cerca de duas semanas, quando o treinador ainda era o Luiz Felipe Scolari. Não avançamos em nada porque o Wellington está focado no Fortaleza, que passa por situação difícil no Campeonato Brasileiro. Ele é um dos capitães, líderes, e só pensa agora em ajudar o clube. Ficamos de conversar depois”, disse o agente.

Jogadores que pertencem ao Cruzeiro



André Mazzuco ainda afirmou que conversou com o atacante Zé Eduardo para retirar o processo na Justiça e voltar aos treinos no Cruzeiro. O jogador deve dar uma resposta nos próximos dias.

O dirigente também foi questionado sobre as situações do volante Ariel Cabral, que está no Goiás e volta de empréstimo após o fim do Campeonato Brasileiro, e do atacante Marcelo Moreno, que viveu uma das piores temporadas da carreira em 2020.

"Cabral e Moreno são dois atletas que têm contrato com o clube, independentemente da questão técnica ou não, são atletas que têm contrato", afirmou.