Cruzeiro

CRUZEIRO

Presidente do Cruzeiro confirma que acionou meia Yeison Guzmán na Fifa

Clube celeste busca indenização após jogador colombiano de 23 anos desistir de se transferir para a Toca da Raposa

postado em 17/05/2021 21:32 / atualizado em 17/05/2021 21:54

(Foto: Envigado/divulgação)


O presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, confirmou nesta segunda-feira que denunciou o meia Yeison Guzmán ao tribunal da Fifa na tentativa de obter uma indenização pela desistência do colombiano de se transferir para o clube. Em 20 de abril, cinco dias após assinar um documento dando o seu aceite às condições oferecidas pela direção celeste, o atleta de 23 anos mudou de ideia e decidiu permanecer no Envigado, da Colômbia.



Leia também: 



Estamos lá na Fifa da mesma forma que todo mundo já sabe. O Guzmán fez o que fez. Gravou um vídeo para a torcida e falou que estava chegando. O papel que ele assinou, eu tenho certeza que se eu desistisse da contratação dele, ele entrava na Fifa e ganhava de mim. Eu não ia conseguir falar com ele ‘ah, não, isso aqui não vale nada’. Então, nós vamos submeter a julgamento e tenho muita convicção da nossa vitória”, disse Sérgio Santos Rodrigues ao canal Clube Ligados, do Youtube.

O Cruzeiro enviou ao Envigado e a Guzmán os documentos com os pormenores sobre salários, bonificações, tempo de contrato e valores de aquisição dos direitos econômicos. Tão logo o clube colombiano e o jogador oficializaram o aceite à proposta, o anúncio da transferência foi feito no dia 15 de abril. Uma semana depois, porém, Yeison declinou do acordo sob influência de seu empresário, Kormac Valdebenito, que ficou insatisfeito por não ter participado das tratativas entre os clubes.

O presidente do Envigado, Ramiro Ruiz, tratou o documento enviado pelo Cruzeiro como carta e não um contrato. De qualquer forma, ele avalizou o negociação e lamentou a desistência do atleta.

“Para o Cruzeiro, reitero, consolida-se através da oferta um possível contrato. Obviamente, esse (documento, carta) está avalizado por Envigado por ele ter aceitado, naquele momento, a oferta e a negociação entre os clubes. Esperamos que ocorra o melhor para o jogador, que tem contrato com Envigado até 2024 e agora está conectado conosco e focado numa grande pré-temporada”, disse o dirigente, em 26 de abril.

Segundo Ruiz, tanto o Envigado quanto um clube que eventualmente vier a contratar Guzmán podem ser responsáveis solidários em um possível deferimento da Fifa a um processo movido pelo Cruzeiro.

Guzmán assinaria com o Cruzeiro até dezembro de 2025 e chegou a gravar um vídeo dirigido à torcida celeste anunciando o acerto com o clube.



Com o auxílio de um parceiro investidor, o Cruzeiro compraria parte dos direitos de Guzmán por US$ 1,2 milhão (R$ 6,5 milhões), sendo que US$ 500 mil (R$ 2,7 milhões) seriam pagos à vista. Tratado como um armador de transições rápidas, com boa visão de jogo e bom no um contra um, Yeison disputou 132 partidas oficiais pelo Envigado e marcou 28 gols.

Tags: fifa meia colombiano ação tribunal serieb interiormg futinternacional mercadobola sérgio santos rodrigues yeison guzmán