Palmeiras

CRUZEIRO

Torcida do Cruzeiro se revolta com derrota, depreda Mineirão e joga bombas com rebaixamento

Policiais jogaram bombas de efeito moral e de gás lacrimogêneo

postado em 08/12/2019 18:00 / atualizado em 08/12/2019 22:40

(Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D. A. Press)
Um tumulto generalizado tomou conta das arquibancadas do Mineirão, na tarde deste domingo, antes do final do jogo entre Cruzeiro x Palmeiras. A partida estava com 36 minutos do segundo tempo, quando alguns torcedores celestes começaram a arrancar cadeiras e arremessar para dentro do gramado. Muitas bombas foram disparadas e houve corre-corre. O Batalhão de Choque da Polícia Militar (PM) teve que agir. Os militares precisaram utilizar armas com munição não letal, as balas de borracha.
 
O jogo acabou antes mesmo de completar o tempo regulamentar, em 2 a 0 para a equipe alviverde. O resultado decretou a queda do time celeste à Série B do Campeonato Brasileiro. Durante a confusão, torcedores pularam de um setor para outro no Mineirão até a situação se estabilizar.

Na saída do estádio, vários torcedores entraram em confronto com a Polícia Militar (PM). Os policiais jogaram bombas de efeito moral e de gás lacrimogêneo. Veja o balanço divulgado pela corporação.
 
De acordo com o major Flávio Santiago, porta-voz da Polícia Militar (PM), a situação no entorno do estádio foi controlada minutos depois da confusão. “A segurança interna solicitou a ação da PM que entrou e conseguiu debelar e fazer a dispersão dos torcedores. A opção foi pela dispersão”, comentou sobre a estratégia utilizada.

Segundo Santiago, a segurança seria ampliada para outros pontos da capital mineira. “Agora, vamos ampliar (o policiamento) para toda cidade para que este escoamento aconteça com tranquilidade”, contou.
 
No entorno da sede do Cruzeiro, no Barro Preto, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, o policiamento foi reforçado. Cinco carros da PM e um da Polícia Civil foram deslocadas para o entorno do imóvel.  

Prisão durante a partida


Enquanto a bola ainda rolava no Mineirão, um torcedor foi preso pela PM. Segundo as primeiras informações da corporação, um jovem, de 22 anos, tentou entrar no estádio com uma camisa de time e foi impedido. O clube não foi especificado pela PM. Pouco tempo depois, já dentro do estádio, ele vestiu novamente a camisa e provocou tumulto com outros torcedores.

O homem, que não teve o nome divulgado, foi preso. Com ele foi encontrada uma porção de maconha.

Tags: cruzeiroec interiormg futnacional palmeirassp seriea