MMA

UFC

Depois de faturar mais um cinturão do UFC, Cejudo dorme com seus 'troféus'

Campeão dos galos e moscas e também olímpico comemora trinca

postado em 12/06/2019 22:55 / atualizado em 12/06/2019 23:06

Ao faturar o título peso galo do UFC, diante do brasileiro Marlon Moraes, em vitória por nocaute técnico em Chicago, na madrugada de domingo passado, Henry Cejudo fez história mais uma vez. Ele já era dono do cinturão dos moscas (até 57kg) e também campeão olímpico de wrestling pelos EUA nos Jogos de Pequim, na China, em 2008.

Com a 'trinca' na carreira, o Messenger, como é chamado, não largou seus troféus nem mesmo na hora de dormir. Nas redes sociais, Cejudo postou imagem deitado na cama bem acompanhado: medalha olímpica dourada no peito e os cinturões do UFC. "Eu não poderia deixar meus brinquedos na noite passada, então eu decidi dormir com eles", brincou no Instagram. 

Henry Cejudo, de 32 anos, fez história ao integrar o grupo de atletas campeões em duas categorias de peso distintas, de forma simultânea. Ele se juntou a Conor McGregor (leves e penas), Daniel Cormier (meio-pesados e pesados) e a brasileira Amanda Nunes, detentora do tíulo nos galos e penas. O Messenger, que agora passou a ser conhecido como Triple C, em referência às conquistas na carreira de atleta, tem cartel de 15 vitórias e duas derrotas nas artes marciais mistas. 


Tags: Henry Cejudo ufc cinturões medalha wrestling messenger cejudo