MMA

BELLATOR

Presidente do Bellator projeta disputa de cinturão a Cyborg logo na estreia

Scott Coker diz que brasileira, ex-UFC, merece title-shot imediato

postado em 04/09/2019 23:45 / atualizado em 04/09/2019 23:53

<i>(Foto: AFP)</i>

Novo reforço para o peso pena do Bellator, Cris Cyborg deve estrear na organização concorrente do UFC em uma disputa de cinturão. O presidente da liga sediada na Califórnia, Scott Coker, disse que a brasileira, ex-campeã do Ultimate Fighting Championship na divisão até 65,8kg, merece lutar pelo título de forma imediata. 

"(Cyborg) definitivamente merece. Ela estava lutando uma vez por ano, e é disso que ela estava reclamando. Definitivamente, podemos colocá-la no cage duas ou três vezes por ano", declarou Scott Coker, que era CEO do extinto Strikeforce - franquia incorporada ao UFC - quando a brasileira era campeã peso pena. 

Cyborg foi contratada pelo Bellator com status de 'reforço de peso'. O próprio executivo anunciou que a brasileira, que se transformou em 'agente livre' no mercado depois de deixar o UFC, assinou o maior vínculo da história do MMA feminino - ele não citou valores e nem detalhes sobre o número de lutas previsto no acordo. 

Cyborg deverá enfrentar, na estreia, a atual campeã peso pena do Bellator, a canadense Julia Budd. Ela já defendeu o cinturão três vezes, a última diante de Olga Rubin, em julho deste ano, quando venceu por nocaute técnico logo no primeiro round. Ela faturou o título diante de Marloes Coenen, em 2017, com triunfo por nocaute técnico no quarto assalto.

Aos 34 anos, Cyborg não chegou a acordo com o UFC para renovação do contrato e foi liberada antes mesmo que a organização exercesse o direito de prioridade para negociar novo vínculo. A relação entre a lutadora e o presidente Dana White azedou de vez depois da vitória da brasileira sobre Felice Spencer, no UFC 240, em julho passado, no Canadá. Ela esperava o anúncio de revanche contra Amanda Nunes, o que não ocorreu por parte do executivo. O fato provocou troca de farpas e o rompimento definitivo entre as partes.

Tags: Cris Cyborg Scott Coker peso pena julia budd bellator cinturão