MMA

UFC

Israel Adesanya nocauteia Robert Whittaker e é o novo campeão do UFC

Nigeriano fatura título e desafia o mineiro Borrachinha em Melbourne

postado em 06/10/2019 02:07 / atualizado em 06/10/2019 02:37

<i>(Foto: UFC/Divulgação)</i>
Aos poucos, o continente africano vai dando o recado no MMA. O nigeriano Israel Adesanya, naturalizado na Nova Zelândia, conquistou o cinturão peso médio do Ultimate Fighting Championship. Na luta principal do UFC 243, diante de uma multidão que lotou o Marvel Stadium, em Melbourne, o lutador nascido em Lagos nocauteou Robert Whittaker, neozalendês radicado na Austrália, logo no segundo round. 

O Last Stylebender fez história e repetiu o feito de Kamaru Usman, o primeiro africano campeão do UFC - também nigeriano (naturalizado norte-americano), ele desbancou Tyron Woodley em março deste ano e faturou o título na divisão dos meio-médios (77kg).

Israel Adesanya ampliou para 18 vitórias seguidas o cartel no MMA. Invicto na carreira, ele soma seis triunfos no UFC e passou a dominar a divisão dos médios com a unificação do cinturão - o africano era o campeão interino da categoria. Na comemoração, o lutador de 30 anos abraçou os pais e demais familiares presentes, no octógono. 

Ver essa foto no Instagram

O que dizer da entrada de @stylebender para a luta principal do #UFC243?

Uma publicação compartilhada por UFC (@ufc_brasil) em



Desafio a Borrachinha


Em meio à festa pela conquista do cinturão, Adesanya mandou recado ao mineiro Paulo Borrachinha, que acompanhou o evento e será o futuro desafiante da divisão até 84kg. O Last Stylebender provocou o brasileiro e disse que vai enfrentar um 'animal inflado', em clara alusão ao físico musculoso do lutador de Contagem. Borrachinha respondeu, da primeira fila na arena, com gestos como se chamasse o campeão para a luta. O suficiente para levar o público ao êxtase.

Ver essa foto no Instagram

Temos um novo campeão peso-médio! @stylebender %uD83C%uDFC6 | #UFC243

Uma publicação compartilhada por UFC (@ufc_brasil) em



A conquista histórica

O Marvel Stadium, que recebeu 61 mil pessoas no UFC 243 - recorde na organização - torcia em peso para Whittaker. O campeão linear foi ovacionado na entrada, enquanto o nigeriano, que apareceu com uma performance bem chamativa ao lado da equipe, recebeu muitas vaias. Ele reagiu com brincadeiras e gestos irônicos, bem ao seu estilo. 

A luta foi equilibrada, com Adesanya controlando a distância e Whittaker buscando a aproximação para soltar os overhands. Nos segundos finais do primeiro round, o africano deu o recado ao acertar o queixo do neozelandês, que foi a knockdown quando soou a buzina. Foi um aviso de que o Last Stylebender poderia surpreender em um contragolpe.

Veio o segundo round e o alerta se transformou em realidade. Adesanya acertou golpe de esquerda preciso e levou o advesário a novo knockdown. O árbitro Marc Goddard interrompeu a luta, aos 3min33, com vitória por nocaute do nigeriano, novo campeão peso médio do UFC.



Resultados do UFC 243

CARD PRINCIPAL

Israel Adesanya venceu Robert Whittaker por nocaute aos 3m33s do segundo round
Dan Hooker venceu Al Iaquinta por decisão unânime (30-27, 30-27 e 30-26)
Sergey Spivak venceu Tai Tuivasa por finalização aos 3m14s do segundo round
Dhiego Lima venceu Luke Jumeau por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Yorgan DeCastro venceu Justin Tafa por nocaute aos 2m10s do primeiro round

CARD PRELIMINAR

Jake Matthews venceu Rostem Akman por decisão unânime (triplo 30-27)
Callan Potter venceu Maki Pitolo por decisão unânime (triplo 29-28)
Brad Riddell venceu Jamie Mullarkey por decisão unânime (29-27, 30-26 e 30-26)
Megan Anderson venceu Zarah Fairn dos Santos por finalização aos 3m57s do primeiro round
Ji Yeon Kim venceu Nadia Kassem por nocaute técnico aos 4m59s do segundo round
Khalid Taha venceu Bruno Bulldoguinho por finalização aos 3m do terceiro round

Tags: Last Stylebender UFC 243 Marvel Stadium Israel Adesanya Robert Whittaker melbourne cinturão borrachinha