MMA

UFC

Insatisfeito, Jon Jones garante que não pretende lutar tão cedo no UFC

Bones ressalta que 'precisa receber o que merece' para voltar

postado em 26/06/2020 10:07

(Foto: Ronald Martinez/AFP)
Depois de uma série de farpas trocadas com o presidente do UFC, Dana White, Jon Jones reforçou a ideia de se ausentar do octógono por tempo indeterminado. O campeão dos meio-pesados, que almeja um salário maior para retornar, admitiu que não tem interesse em voltar ‘tão cedo’ aos eventos. 

“Não pretendo lutar tão cedo. Não tenho interesse em me apresentar no UFC enquanto eu não receber o que acredito que mereço”, frisou Bones, que vem travando ‘queda de braço’ com Dana White desde que pediu uma superluta nos pesos pesados contra o camaronês Francis Ngannou. O dirigente, no entanto, revelou que Jon Jones fez uma pedida ‘absurda’ para o confronto na divisão até 120kg.

Jon Jones, em entrevista ao podcast Wild Ride, desmentiu novamente que tenha pedido valor elevado para voltar a lutar no UFC. “Não estou pedindo nada ultrajante. Sei que estamos em uma pandemia, sei que quanto você é multimilionário e está pedindo mais, isso faz você parecer uma pessoa gananciosa. Estou consciente de tudo isso, mas também estou consciente de que tenho a voz e a plataforma para fazer mudanças”, acrescentou.

Jon Jones desafiou Francis Ngannou para duelo nos pesos pesados tão logo o africano derrotou Jairizinho Rozentruik no UFC 249, em 9 de maio passado, por nocaute logo aos 20seg. O camaronês, que já disputou o cinturão da categoria e é candidato real a nova chance de title-shot, deu sinal verde. Mas Bones foi às redes sociais e disse que a organização nem quis abrir negociação. O que foi desmentido por Dana White, que alegou uma pedida salarial fora da realidade pelo campeão dos meio-pesados.

Jon Jones, a partir daí, passou a defender uma valorização maior aos atletas, inclusive no caso daqueles que começaram recentemente ou que ainda não se firmaram na franquia. “A maioria dos caras está em uma posição muito pior e não podem dizer publicamente – Eu tenho um segundo emprego; pequei dinheiro com meus pais. Eu conheço muitos atletas que ainda moram na academia porque eles não têm condições de ter o próprio apartamento. E são lutadores do UFC. Isso é triste”, comentou.  

Tags: campeão salários cinturão dana white UFC Jon Jones Bones