MMA

UFC

Brasil tem vitória no feminino e derrota no masculino na Ilha da Luta do UFC

Taila Santos venceu no card principal, mas Carcacinha acabou nocauteado

postado em 16/07/2020 01:41

(Foto: UFC/Jeff Bottari/Zuffa LLC)
O Brasil terminou o segundo evento do UFC na Ilha da Luta, em Abu Dhabi, na noite desta quarta-feira, com vitória e derrota. No card principal, pelo peso mosca (57kg), Taila Santos bateu Molly McCann por decisão unânime dos juízes. Por outro lado, nos duelos preliminares, Ricardo Carcacinha foi nocauteado por Lerone Murphy na divisão dos penas (66kg).

Taila Santos, que estreara no UFC com revés diante da italiana Mara Romero Borella, em Fortaleza, em fevereiro de 2019, se recuperou com uma postura bem diferente na Ilha da Luta. A catarinense de Jaraguá do Sul dominou a inglesa Molly McCann, aplicou boas quedas e acabou declarada vencedor por decisão unânime: triplo 30-27.

Depois da luta, a catarinense disse que conseguiu controlar o nervosismo que a atrapalhou na estreia negativa. “Na minha estreia eu estava nervosa, fiquei impactada com a grandeza do evento, não me soltei e não dei nem 10% do que posso. Mas hoje (quarta-feira) eu estava focada e concentrada na vitória. Esta luta me dá muita confiança. A Molly é uma menina dura, vem sempre para cima, bem colocada no ranking, fico feliz com a vitória”, declarou Taila, que chegou ao UFC oriunda do Contender Series Brasil, reality show que revela novos atletas para a organização.



CARCACINHA CAI

No card preliminar, Ricardo Carcacinha Ramos era favorito diante de Lerone Murphy. Entretanto, o lutador de Campinas vacilou ao errar no momento de aplicar cotovelada e permitiu que o inglês o derrubasse. No chão, o brasileiro foi alvo de vários golpes no ground and pound, o que levou à interrupção do confronto, com triunfo por nocaute técnico aos 4min18 do primeiro round para o britânico.

Carcacinha, de 24 anos, vinha de duas vitórias seguidas no UFC, contra Journey Newson (decisão unânime) e Luiz Eduard Garagorri (finalização com mata-leão). Lerone Murphy, por sua vez, estreou muito bem na organização e ampliou a invencibilidade na carreira para dez lutas. 



Tags: Abu Dhabi UFC Ilha da Luta Taila Santos Ricardo Carcacinha