MMA

UFC

Johnny Walker exalta preparação com treinador de McGregor: 'Me tratou como filho'

Brasileiro teve camping na Irlanda ao lado de John Kavanagh

postado em 18/09/2020 23:03

(Foto: Reprodução/Instagram)

Preparado para voltar ao octógono em busca de recuperação, Johnny Walker contou com a ajuda de John Kavanagh, treinador de Conor McGregor, para garantir que terá a melhor performance da carreira diante de Ryan Spann, neste sábado, no UFC Apex, em Las Vegas. A luta será no card principal do UFC Fight Night: Covington x Woodley, pela divisão dos meio-pesados, e o brasileiro radicado em Londres precisa se reabilitar após duas derrotas seguidas.

Antes de desembarcar em Las Vegas, o brasileiro fez toda a sua preparação academia Straight Blast Gym (SBG), na Irlanda. "Foi uma experiência muito bacana. Eu já tinha ido para lá e já havia conhecido o John Kavanagh (treinador do McGregor). E ele topou fazer o camp comigo. Eles têm muitos atletas grandes, pesados... Fiz treinos bem técnicos, muita defesa de queda", conta o lutador.

"O John me tratou como um filho, me deixou ficar embaixo da casa dos pais dele. Me deu muita atenção, eu nunca havia recebido esse tipo de tratamento. Ele é um cara muito profissional e eu fiquei muito feliz", complementou o brasileiro de 28 anos, que começou no UFC com três vitórias contundentes, todas por nocautes devastadores, até perder para Corey Anderson (nocaute técnico) e Nikita Krylov (decisão unânime).



Focado na reabilitação, o lutador nascido em Belford Roxo, no Rio de Janeiro, diz que "treinou de tudo" para tentar melhorar. "Eu sempre tive uma boa preparação física, mas no UFC Brasília eu sofri com a parte muscular, foi como se tivesse faltado combustível. A musculatura cansou. Não sei se foi o corte de peso ou excesso de treino, mas aconteceu. Tive oportunidade de rever tudo."

Agora, ele chega para o próximo combate contando que "vai lutar com tudo e ver no que vai dar". "Claro que eu montei uma estratégia, ensaiamos possibilidades. Mas não vou dar spoiler. Podem esperar que vou dar o melhor de mim", avisa.

Apesar da confiança, Walker sabe que terá um adversário duro pela frente. Spann vem em busca da sua quinta vitória consecutiva no octógono e deve tentar finalizar a sua antes do ultimo round. "Eu gostei desse casamento de luta. O Spann é forte e pesado, não se movimenta muito, acho que é um bom jogo para mim. Assisti muitas lutas dele e estou bem preparado. Ele está vindo em uma boa sequência de vitórias. Mas da mesma forma que eu estava e perdi, ele também pode perder. Eu aprendi muito com as minhas derrotas, entendi o que meu corpo e minha mente precisam. Estou pronto", afirma Walker.



UFC Fight Night: Covington x Woodley

Neste sábado
UFC Apex, Las Vegas
Card preliminar - 18h
Card principal - 21h
Transmissão: Canal Combate

Card principal

Colby Covington (77.5 kg) x Tyron Woodley (77.5 kg)
Donald Cerrone (77.3 kg) x Niko Price (77.3 kg)
Khamzat Chimaev (185.5 kg) x Gerald Meerschaert (84.3 kg)
Johnny Walker (93.2 kg) x Ryan Spann (93.2 kg)
Mackenzie Dern (52.1 kg) x Randa Markos (52.3 kg)
Kevin Holland(83.9 kg) x Darren Stewart (84.1 kg)

Card preliminar

Jordan Espinosa (57.1 kg) x David Dvo%u0159ák (56.9 kg)
Mirsad Bektic (65.5 kg) x Damon Jackson (65.5 kg)
Mayra ‘Sheetara’ Bueno (56.9 kg) x Mara Romero Borella (56.7 kg)
Jessica-Rose Clark (61.2 kg) x Sarah Alpar (61.4 kg)
Darrick Minner (66.2 kg) x T.J. Laramie (65.7 kg)
Journey Newson (61.2 kg) x Randy Costa (61.2 kg)
Andre Ewell (61 kg) x Irwin Rivera (61.4 kg)
Tyson Nam (61.7 kg) x Jerome Rivera (61.2 kg)

Brasileiros em negrito

Tags: UFC John Kavanagh Johnny Walker UFC Fight Night: Covington x Woodley SBG Ryan Spann