MMA

UFC

Deiveson alcança Demetrious Johnson no UFC e sobe no ranking dos melhores

Campeão iguala recorde de vitórias por nocaute ou finalização

postado em 24/11/2020 20:20

(Foto: Reprodução/UFC)

Único campeão no Brasil entre os homens neste momento, Deiveson Figueredo vai colhendo os frutos do sucesso na divisão dos moscas (57,1kg) do UFC. Depois de manter o cinturão ao derrotar Alex Perez no sábado passado, pelo UFC 255, em Las Vegas, o paraense alcançou a marca do maior nome da categoria, Demetrious Johnson, que deixou a organização em 2018. Os dois são os atletas com maior número de vitórias por nocaute ou finalização no Ultimate, ambos com sete.

Deiveson, no entanto, terá que ralar muito para igualar ou mesmo superar outro recorde de Demetrious no Ultimate Fighting Championship. O Mighty Mouse defendeu o cinturão dos moscas em 11 oportunidades, entre 2012 e 2017, deixando para trás a marca de Anderson Silva, que manteve o título dos médios (84kg) em dez ocasiões. 

O Deus da Guerra, como é chamado o paraense oriundo da Ilha de Marajó, ganhou posições no ranking dos melhores lutadores do UFC, o chamado peso por peso, que leva em consideração todas as categorias. Deiveson alcançou o 11º lugar no top 15, deixando para trás nomes como Conor McGregor, Robert Whitaker, Tony Ferguson e Francis Ngannou. 



ELOGIOS DO CHEFE


Depois de mais uma grande exibição no octógono, Deiveson foi exaltado pelo presidente do UFC, Dana White. O dirigente comparou o brasileiro justamente ao maior vencedor da categoria, mas vê o paraense com chance de brilhar com mais intensidade pela personalidade e agressividade nos confrontos. 

“Esse garoto (Deiveson) é muito diferente (de Demetrious). Ele é mau. Ele entra no octógono com más intenções. Acho que as pessoas gostam mais desse tipo de lutador. Vamos ver se ele consegue fazer uma jornada para torná-lo uma lenda”, disse Dana em entrevista aos jornalistas depois do UFC 255.

Tags: recorde finalização cinturão nocaute dana white UFC peso mosca Deiveson Figueiredo deus da guerra Demetrious Johhnson