MMA

UFC

Ex-campeão promete parar Deiveson no UFC: 'Ele esmaga todos, menos eu'

Garbrandt já projeta luta contra o dono do cinturão peso mosca

postado em 02/12/2020 22:47 / atualizado em 03/12/2020 11:44

(Foto: Divulgação/UFC)

Ex-campeão dos galos (61,2kg), Cody Garbrandt é postulante a desafiar o atual dono do título dos moscas (56,7kg) do UFC, o brasileiro Deiveson Figueiredo. O No Love, como é chamado o americano, crê em vitória do paraense diante de Brandon Romero, no próximo dia 12, em Las Vegas, e vislumbra futuro duelo pelo título contra o Deus da Guerra. 

Garbrandt, que vinha de período negativo nos galos, se recuperou de três derrotas seguidas ao nocautear Raphael Assunção, em junho deste ano. O No Love, no entanto, parece mesmo disposto a baixar para a divisão dos moscas e desafiar o brasileiro, que segundo ele não deverá ter muita resistência contra Moreno. 

"Sinto que (Deiveson) Figueiredo vai atropelar aquele garoto (Brandon Moreno). Esse é outro cordeiro sendo levado para o matadouro e tudo bem. Deixe ele criar esse hype do tipo ‘Santo Deus, esse cara é o verdadeiro negócio’. Não volto atrás. Estou animado para essa luta. Só acho que ele esmaga todos nessa divisão, menos eu", afirmou Garbrandt, conhecido também pelo estilo provocador.

O americano considera ter armas suficientes para subjugar Deiveson e conquistar o cinturão dos moscas. "Esses caras ficam na frente dele e é lá que ele joga bombas. Eu me movo muito, sou muito rápido, bato e saio. Esses lutadores não sabem recuar. A pressão é tudo que eles sabem. Meu plano de jogo será igual ao de quando lutei com (Dominick) Cruz”, destacou Garbrandt.

Ele se referiu à exibição incontestável diante do então campeão Dominick Cruz, no UFC 207, em dezembro de 2016. Na ocasião, Garbrandt foi declarado vencedor por decisão unânime e faturou o cinturão. Mas ele perdeu o título logo na primeira defesa, contra um dos grandes rivais, TJ Dillashaw, e acabou batido também na revanche. O No Love chegou ao terceiro revés seguido diante de Pedro Munhoz, mas se recuperou ao nocautear Raphael Assunção. 

Tags: cinturão UFC peso mosca Cody Garbrandt No Love Deiveson Figueiredo deus da guerra brandon moreno