Cruzeiro

CRUZEIRO

Zagueiro revelado na Toca da Raposa I vira 'artilheiro' em Portugal e renderá quantia milionária ao Cruzeiro

Clube celeste fatura com compra de Bruno Viana pelo Braga-POR

postado em 14/03/2018 09:18 / atualizado em 14/03/2018 09:37

DIVULGAÇÃO / BRAGA

O Sporting Braga exerceu o direito de compra pelo zagueiro Bruno Viana e pagou ao Olympiacos, da Grécia, 3 milhões de euros (cerca de R$ 12 milhões). Nessa terça-feira, o jogador de 23 anos assinou contrato definitivo com o clube português, até o fim da temporada 2022/2023.

Quem se dará bem nessa história é o Cruzeiro. Segundo apurou o Superesportes, o clube celeste receberá aproximadamente 250 mil euros da quantia paga pelo Braga. Na moeda nacional, o montante chega a pouco mais de R$ 1 milhão.

A arrecadação é referente ao ‘mais-valia’ dos direitos econômicos de Bruno Viana. Ficou acertado em contrato que se o Olympiacos vendesse o jogador por importância financeira superior ao que foi pago – 2 milhões de euros –, a Raposa teria direito a 25% do lucro obtido pelos gregos na negociação.

Embora não tivesse a posse de 70% dos direitos econômicos de Bruno Viana, o Cruzeiro embolsou 1,4 milhão de euros (R$ 5 milhões, conforme a cotação de agosto de 2016) – cifra proporcional ao percentual – graças a uma composição com investidores do jogador.

Além disso, a cláusula de solidariedade da Fifa, que indeniza os clubes formadores em até 5% do valor de uma transferência, aumentará a arrecadação do Cruzeiro. Estima-se que o clube ganharia 3% dos 3 milhoes de euros envolvidos no negócio (cerca de 90 mil euros ou R$ 363 mil). Ou seja, o faturamento 'extra' pode chegar a mais de R$ 1,3 milhão.

Enquanto jogou pelo time profissional do Cruzeiro, Viana vestiu a camisa de número 36 e se tornou uma espécie de xodó do técnico português Paulo Bento, que o considerava com estilo de jogo ‘diferente’ dos demais atletas da posição no elenco. Em 21 partidas pela Raposa, sendo 19 como titular, o defensor não balançou a rede. Sua ida ao Olympiacos ocorreu justamente por indicação de Bento. Em 23 jogos, marcou um gol e conquistou o Campeonato Grego 2016/2017.

Zagueiro-artilheiro

Em julho de 2017, o Braga anunciou a contratação por empréstimo de Bruno Viana. E logo na primeira temporada, ele virou ‘zagueiro-artilheiro’. Pelo Campeonato Português, fez gols em três participações consecutivas, nas vitórias sobre Desportivo Chaves (1 a 0, na 10ª rodada), Feirense (3 a 1, na 12ª rodada) e Paços de Ferreira (3 a 0, na 13ª rodada). Ainda anotou um tento no empate por 2 a 2 com o Portimonense, pela Taça da Liga Portuguesa. Até aqui, Viana participou de 28 partidas oficiais – 19 na Liga Portuguesa, cinco pela Liga Europa, uma na Taça de Portugal e três na Taça da Liga.

“A decisão (de permanecer no Braga) não foi exclusivamente minha, conversei com a minha família, a minha esposa e a minha filha, e quis o que fosse melhor para elas. Foi uma decisão conjunta, para a qual também contou o que eu penso, claro. Ouvi o meu empresário e disse que quero continuar a servir essa camisa, pela qual vou dar o meu sangue e a minha alma até ao final do contrato”, declarou Bruno Viana, em entrevista ao site oficial do SC Braga após a celebração do contrato.

O companheiro de zaga do ex-cruzeirense no clube bracarense é o compatriota Raul Silva, que também vem demonstrando ser um ‘zagueiro-artilheiro’. Em 33 aparições na temporada 2017/2018, o camisa 34 contabiliza oito gols (cinco na Liga Portuguesa e três na Liga Europa). O Braga tem, ao todo, oito brasileiros no grupo principal, sendo um deles o goleiro Matheus Magalhães, revelado pelo América e irmão do meia Moisés, do Palmeiras.

Na Liga Portuguesa, a equipe do Minho ocupa a quarta posição, com 58 pontos, e ainda sonha com a possiblidade de se classificar para a fase de qualificação à Liga dos Campeões da Europa. O terceiro colocado Sporting soma 62 pontos. Os dois primeiros são Porto, com 67, e Benfica, que tem 65. Restam oito rodadas para o término da competição.