Atlético

CAMPEONATO BRASILEIRO

Atlético bate Santos no Horto e volta a vencer no Brasileiro depois de quatro jogos

Luan e Leonardo Silva garantiram o triunfo do Galo no Independência

postado em 20/10/2019 17:57 / atualizado em 20/10/2019 18:36

<i>(Foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)</i>
Depois de quatro partidas de jejum, o Atlético voltou a ganhar no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o Galo mostrou consistência para anular o estilo ofensivo do Santos e triunfou por 2 a 0, no Independência, em duelo pela 27ª rodada da Série A. Os gols da vitória foram marcados por Luan e Leonardo Silva, no primeiro tempo. O resultado deixa o time mineiro a nove pontos acima da zona do rebaixamento e a sete de distância do G6. 

Com o triunfo sobre o Santos, o Galo chega a 35 pontos, mas segue no 12º lugar da tabela.  O Atlético não vencia desde 29 de setembro, quando bateu o Ceará, no Independência, por 2 a 1, pela 22ª rodada. Posteriormente, a equipe teve derrotas para Grêmio e Flamengo, além de empates com Palmeiras e CSA. Esta é a primeira vitória do Alvinegro sob o comando do técnico Vagner Mancini, que estreou em casa neste domingo. Já o Peixe permanece na terceira posição, com 51 pontos, e perde invencibilidade de seis jogos. 

Na rodada seguinte, o Atlético enfrenta o São Paulo. A partida será no próximo domingo, às 16h, no Morumbi. Um dia antes, o Santos tem clássico contra o Corinthians, às 17h, no Itaquerão. 

Galo garante vitória na primeira etapa

O Atlético abriu o placar logo aos 2 minutos de jogo. Luan recebeu longo lançamento de Réver, dominou no ombro, passou por Jorge, invadiu a área pela direita e bateu cruzado, rasteiro, para balançar a rede: 1 a 0. Após demora na revisão no VAR, o árbitro confirmou o gol atleticano. Havia dúvida sobre um possível toque de mão do meia-atacante no lance. O Santos tentou responder com perigosos cruzamentos de Sánchez para a área. E chegou a assustar com o cabeceio de Lucas Veríssimo. A bola saiu rente ao travessão de Cleiton. 


Apesar das investidas do adversário, o Atlético ampliou a vantagem no Horto.Di Santo foi lançado na grande área e bateu forte, mas Everson espalmou a escanteio. Na cobrança do córner, Otero levantou da esquerda para a primeira trave, e Leonardo Silva desviou de cabeça. A bola ainda tocou no goleiro e entrou: 2 a 0 para o Galo, aos 22 minutos. Na sequência, o Peixe quase diminuiu após confusão na defesa atleticana – Réver, Leo Silva e Cleiton se atrapalharam para afastar cobrança de escanteio de Jean Mota. A bola saiu pela linha de fundo. 

Aos 31 minutos, o clima esquentou no Independência, com discussão entre os dois times depois de ríspidas entradas. Na confusão, Elias levou o cartão amarelo, o terceiro no Brasileiro, e ficou suspenso para a próxima rodada. No restante da etapa, o Santos tentou trocar passes e trabalhar as jogadas pela intermediária. No entanto, o Atlético se manteve bem postado na marcação e anulou a ofensiva santista. Aos 39min, outro lance de perigo do Peixe: Carlos Sánchez cobrou falta com muito efeito. Cleiton saltou no meio do gol e mandou para fora.  

O Atlético voltou com mudança para o segundo tempo: Zé Welison na vaga de Réver, lesionado. O Santos também mudou: Sasha entrou no lugar de Marinho. A etapa final foi mais pegada, truncada, com poucas chances efetivas criadas pelas equipes. Aos 25 minutos, Mancini substituiu Luan por Maicon Bolt e levou uma sonora vaia da torcida. Somente nos instantes finais é que o Galo teve outras oportunidades. Aos 39min, Otero bateu falta com muita força e curva. Everson, no meio do gol, espalmou. Aos 46min, o venezuelano arriscou de novo e mandou longe. Em seguida, Cazares chutou colocado da entrada da área, mas à esquerda. 

ATLÉTICO 2 X 0 SANTOS

Atlético: Cleiton; Guga, Igor Rabello, Leonardo Silva e Fábio Santos; Réver (Zé Welison); Luan (Maicon Bolt), Elias (Cazares), Nathan e Otero; Di Santo.Técnico: Vagner Mancini. 

Santos: Everson; Luan Peres, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Jorge; Diego Pituca, Sánchez (Evandro) e Jean Mota; Derlís González, Marinho (Sasha) e Soteldo (Tailson). Técnico: Jorge Sampaoli.

Gols: Luan, aos 2 minutos do 1ºT;  Leonardo Silva, aos 22 minutos do 1° tempo (Atlético)
Cartões amarelos: Luan, Elias, Otero (Atlético); Lucas Veríssimo, Soteldo, Derlís González, Luan Peres (Santos). 

Motivo: 27º rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Independência, em Belo Horizonte
Data e horário: 20 de outubro de 2019 (domingo), ás 16h

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (CBF/RN)
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa/BA)  e Jean Márcio dos Santos (CBF/RN)
VAR: Héber Roberto Lopes (CBF/SC)

Público: 21.771
Renda: R$ 104.562

Tags: seriea santossp atlético