Atlético

ATLÉTICO

'Fora Cuca': pichação na Arena MRV pede saída do técnico do Atlético

Mensagem foi escrita após empate do Atlético com modesto La Guaira na estreia da Copa Libertadores, na Venezuela

postado em 22/04/2021 00:49 / atualizado em 22/04/2021 09:23

(Foto: Reprodução)
empate por 1 a 1 com o modesto Deportivo La Guaira na estreia da Copa Libertadores tende a aumentar a pressão da torcida sobre o trabalho do técnico Cuca no Atlético. Nesta quarta-feira à noite, logo depois da partida, circulou nas redes sociais uma imagem de uma pichação em um tapume da Arena MRV, futuro estádio do clube, pedindo a saída do comandante: ‘Fora Cuca’.


No duelo realizado no Estádio Olímpico Universitario de Caracas, na Venezuela, o Atlético mais uma vez mostrou falta de repertório, a ponto de cruzar 59 bolas na área do La Guaira. O rival saiu na frente, com gol de Adrián Martínez, aos 20 do primeiro tempo. Zaracho empatou para o Galo aos 19 da etapa complementar. No fim, o goleiro Everson fez defesas importantes e evitou um resultado ainda pior.

Nessa segunda passagem pelo Atlético, Cuca soma sete jogos, com quatro vitórias, duas derrotas e um empate. As cobranças aumentaram após os reveses no Campeonato Mineiro para a Caldense, por 2 a 1, em Poços de Caldas, e principalmente para o rival Cruzeiro, por 1 a 0, no Mineirão. Desde então, o treinador prometeu uma equipe mais ajustada na estreia da Copa Libertadores. Apesar disso, diante do La Guaira, nenhuma evolução tática foi vista.


Depois da vitória para o Boa Esporte, por 2 a 1, no último domingo, Cuca chegou a se queixar do tom das perguntas feitas pelos jornalistas na entrevista coletiva, entendendo que havia uma cobrança excessiva sobre o seu trabalho. Já na segunda-feira, à TV Galo, canal oficial do Atlético, ele pediu paciência à torcida e união ao grupo no sentido de ser formada uma família em prol do clube.

Cuca tem em mãos um elenco milionário, com estrelas como Hulk e Nacho Fernández. No entanto, a montagem do grupo foi idealizada por seu antecessor, Jorge Sampaoli, que abandonou o projeto no Atlético para assumir o Olympique de Marselha, da França. Parceiros investiram mais de R$ 200 milhões em reforços para tentar reconduzir o clube aos títulos de expressão. O último foi a Copa do Brasil de 2014. Essa é a grande responsabilidade do treinador paranaense de 57 anos.

Na primeira passagem pelo Atlético, entre 2011 e 2013, Cuca conquistou o bicampeonato mineiro (2012/2013) e o inédito título da Libertadores de 2013.

Tags: fora treinador cuca pichação atleticomg interiormg seriea libertadores2021