Guilherme Arana, do Atlético, faz doações a ONG de região onde nasceu

Lateral-esquerdo doou cestas básicas e vai doar brinquedos à ONG NASCE, de São Paulo

17/09/2021 14:54
compartilhe
ONG Nasce, que recebeu doações de Guilhereme Arana
foto: Reprodução

ONG Nasce, que recebeu doações de Guilhereme Arana


O lateral-esquerdo Guilherme Arana, do Atlético, fez doações de 300 cestas básicas à ONG NASCE (Núcleo de Apoio Social ao Cantinho da Esperança). A instituição foi criada em 1982 por um grupo de mães do Parque Santa Madalena, distrito de Sapopemba, zona leste do município de São Paulo, onde o jogador viveu boa parte de sua infância antes de iniciar a carreira.

“Venho de uma família simples e sei o quanto qualquer contribuição é importante para essas pessoas. Sempre que tenho a possibilidade, procuro ajudar. Já conheço a ONG NASCE há bastante tempo e sei da seriedade do trabalho deles. Fico feliz por poder contribuir e espero, em breve, poder fazer uma nova visita para todos lá”, afirmou Arana.



Nas redes sociais, a ONG agradeceu as doações. "viemos através dos nossos colaboradores e atendidos expressar nossa graditão ao nosso querido amigo Guilherme Arana, agora jogador e craque da nossa Seleção Brasileira, pela doação de 300 cestas básicas, contemplando assim todos os atendidos dos cinco núcleos da ONG NASCE nesse momento tão difícil! Somos todos muito gratos por esse gesto tão bonito! 'Quem ajuda o próximo, não está apenas ajudando uma pessoa; está construindo um mundo melhor!' Muito obrigado Guilherme Arana e família!".

A ONG NASCE presta assistência nas áreas educativa, cultural, de lazer e profissional para 300 pessoas com deficiências e jovens em situação de exclusão social, divididos em cinco núcleos. Arana resolveu participar de outra campanha do projeto. Com o auxílio de sua mãe, Cíntia, o lateral fará uma doação para a compra de brinquedos para o Dia das Crianças, celebrado no dia 12 de outubro.

Arana é um dos destaques do Atlético. o camisa 13 disputou 77 jogos, marcou nove gols e deu 14 assistências. O bom desempenho o fez ser lembrado pela Seleção Brasileira Olímpica - com a qual foi medalhista de ouro nos Jogos de Tóquio - e também pela Seleção Brasileira principal.

Compartilhe