Atlético

Dudu Cearense aprova estreia pelo Atlético, apesar da derrota em casa

Volante admitiu falta de ritmo de jogo, mas projetou melhora no Brasileiro

postado em 09/06/2011 00:45 / atualizado em 09/06/2011 11:25

Novidade do Atlético na derrota para o São Paulo, por 1 a 0, nesta quarta-feira, na Arena do Jacaré, o volante Dudu Cearense gostou do rendimento em campo, mesmo reconhecendo que ainda está longe da forma física ideal. A estreia com revés não estava nos planos, mas o jogador confia em boa campanha da equipe no Campeonato Brasileiro.

Dudu Cearense disputou todo o segundo tempo, entrando no lugar de Toró ainda no intervalo. Mesmo demonstrando falta de ritmo de jogo, ele foi participativo tanto no combate como no apoio ao ataque. O volante aposta em subida de produção com a equipe, na sequência do Brasileiro. “Eu me senti bem, faltou ritmo de jogo, mas para mim, pela primeira parte, pelo fogo do jogo, estou satisfeito”, disse.

Assista ao compacto da partida:



O jogador espera aproveitar as próximas partidas para ganhar mais ritmo e se adaptar mais rapidamente ao futebol brasileiro. “Ainda não é o que eu quero, tenho muito a dar para o time. Preciso entender o esquema da equipe, mas vou ganhar isso com jogos”, admitiu o volante, que gostou de ter tido um voto de confiança do técnico Dorival Júnior para entrar em campo logo em um confronto difícil diante do São Paulo.

“Dorival conversou comigo desde o primeiro tempo, disse que eu tinha que me adaptar ao futebol brasileiro. Não foi fácil, lutei muito para me adaptar, me cuidei muito e a resposta está aí. Minha resposta para mim mesmo foi boa. Não foi o que eu queria, mas foi uma surpresa para mim”, enfatizou o jogador, que lamentou a falta de gols para premiar a pressão da equipe diante dos visitantes.

“Melhoramos o passe, mas tivemos má sorte. Tentamos até o final, infelizmente não conseguimos a vitória, mas o time foi aguerrido até o último minuto”, avaliou o volante, que projeta a recuperação na próxima rodada, diante do Bahia, domingo. “O importante que o time não se abateu, lutou até o fim e não perdeu o foco. Contra o Bahia, a gente tem que inverter esse resultado e voltar à liderança”, acrescentou.

Tags: