Atlético

Triguinho foi 'pego de surpresa' pelo Galo e espera corresponder à confiança de Cuca

Lateral passou por exames médicos na manhã desta sexta-feira

postado em 19/08/2011 12:10 / atualizado em 19/08/2011 14:55

Daniela Mineiro/Superesportes
Depois de ficar sete meses parado por causa de uma fratura dupla na perna esquerda, o lateral-esquerdo Triguinho voltou aos gramados no dia 5 de junho, quando defendeu o Coritiba na partida contra o Vasco, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Perto de ser anunciado oficialmente como o novo reforço do Atlético, o jogador disse que já está 100% para ajudar o Galo a reagir no Nacional e deixar a incômoda zona do rebaixamento. “Estou 100% já. Trabalhei muito a parte física para no jogo não acontecer nenhuma lesão de novo. Estou com muita vontade de jogar e agora só faltam alguns detalhes para já me preparar com o grupo e fazer de tudo para ajudar na parte mais importante”.

O lateral, que realizou os primeiros exames médicos em Belo Horizonte na manhã desta sexta-feira, disse que foi pego de surpresa pelo interesse alvinegro. "Até eu fui pego de surpresa. Estava treinando e o Ximenez (Felipe, gerente de futebol do Coritiba) ligou de São Paulo, dizendo que era para eu arrumar as coisas, pois eu vinha para cá ontem (quinta) mesmo. Futebol é assim mesmo. Estamos aqui, não estamos jogando, depois estamos em outro lugar. Estou muito feliz de estar aqui. Espero poder ajudar e corresponder à altura, porque estou muito feliz de estar aqui", reiterou.

Triguinho, de 32 anos, espera corresponder à confiança de Cuca. "Já tinha encontrado o Cuca em Curitiba. É uma excelente pessoa, já trabalhei com ele, ele sabe como eu jogo e acho que isso ajudou um pouco também. Não vejo a hora de assinar o contrato. Estou em condição de jogo, pois estava treinando no Coritiba. Agora é só esperar o ‘ok’ para ficar à disposição do Cuca".

Só pela esquerda

Triguinho chega ao Atlético num momento em que o time tem forte carência na lateral direita. Questionado sobre uma possível ajuda no setor, o canhoto preferiu deixar claro que sua qualidade aparece pelo lado esquerdo do gramado. "Minha função mesmo é a esquerda, até porque sou canhoto. É difícil um jogador da esquerda jogar na direita. Tem jogador que tem facilidade, mas eu nunca joguei. Vai depender do Cuca, não quero muito arriscar. Sou mais ficar na esquerda, que é minha posição".

Durante sua entrevista coletiva na Cidade do Galo, nesta sexta-feira, o técnico Cuca elogiou Triguinho e disse que pediu sua contratação. “É um jogador que eu pedi. Espero que possa acertar para vir a nos fortalecer. Ele é um jogador pronto para vir. Já jogou comigo e sei o que ele pode nos dar, tanto em termos defensivos quanto ofensivos. A contratação do Triguinho vem muito bem para nós, assim como o Pierre".

Assista ao vídeo: Triguinho já está em Belo Horizonte