Atlético

NO MÉXICO

Danilinho é acusado de estupro no México e teria ameaçado suposta vítima

Em sua segunda passagem no México, jogador volta a ser notícia nas páginas policiais

postado em 07/08/2013 19:59 / atualizado em 07/08/2013 20:27

Reprodução/Medio Tiempo

O mau comportamento, principalmente em relação à ausência nos treinamentos, fez com que Danilinho deixasse o Atlético no segundo semestre de 2012. Porém, em sua ida para o México, para defender o Tigres, o jogador possivelmente está envolvido em problemas mais graves. De acordo com publicação do jornal Cancha, de Monterrey, o atleta é acusado de estupro.

A suposta vítima, Debanhi Zuazua Rentería, de 18 anos, disse que foi abusada sexualmente quando era menor de idade, no mês de julho. Ela revelou que passou a ser perseguida pelo jogador depois de ter sido violentada.

“Eu o conhecia há meses. Nós combinamos de nos ver e fomos a um bar. Estávamos bebendo e logo depois ele me forçou a ter relações com ele. Quando ele me violentou, eu disse: ‘Não quero nada contigo, deixe-me em paz’. Foi quando ele começou a me molestar e ameaçar, a tal ponto que eu já não queria sair de casa por medo”, contou Debanhi.

Segundo a vítima, na última semana, ela chegou a procurar uma agência especializada em delitos sexuais, ainda sob ameaças do jogador.

“Ele continuou me marcando, ameaçando. Fui morar na casa da minha melhor amiga porque ele não me deixava em paz. Dizia que comprava polícia, comprava tudo, porque tem muito dinheiro. E eu dizia a ele: ‘Só quero que não fale comigo, não me procure. Não quero nada contigo, deixe-me em paz’”.

Em sua primeira passagem pelo México, em 2011, Danilinho foi acusado de agressão. A ex-namorada do atleta, Priscila Jiménez, também menor de idade à época, disse que foi agredida fisicamente após o término do namoro.

Tags: ex-atletico tigres mexico danilinho futinternacional