Atlético

ATLÉTICO

Atlético vende zagueiro Jemerson ao Monaco

Clube alvinegro ficará com 60% do valor total da operação, concluída nesta quarta

postado em 27/01/2016 16:33 / atualizado em 27/01/2016 21:14

Edesio Ferreira/EM/D.A. Press
Fim de novela. O Atlético concretizou nesta quarta-feira a venda do zagueiro Jemerson ao Monaco, da França. Conforme apurou o Superesportes, o clube alvinegro receberá 60% do valor total da transação, concluída por 11 milhões de euros. A operação foi conduzida pelo empresário Giuliano Bertolucci, responsável por grandes transações no mercado internacional.

Embora o presidente Daniel Nepomuceno tenha tentado durante as negociações, Jemerson não poderá defender o Atlético durante a Copa Libertadores e viajará para a França na próxima quinta-feira. Os direitos do defensor estavam "fatiados" ainda entre o empresário Pedro Lourenço (20%), dono dos Supermercados BH e Banco BMG, que confirmou à reportagem ter 20% do atleta.

Já em dezembro, Jemerson começou a ser avaliado de perto pelo Monaco. Recrutador de talentos da equipe francesa, o português Luís Campos esteve em Belo Horizonte para acompanhar vários jogos do zagueiro. Dono de opinião decisiva na transação, o profissional é reconhecido pela influência nas contratações de jogadores como James Rodriguez, Radamel Falcao, João Moutinho e Bernardo Silva pelo clube francês. Em sua carreira, ele também já foi auxiliar do técnico José Mourinho.

Natural de Jeremoabo, na Bahia, Jemerson foi promovido ao elenco principal do Atlético em 2013. O defensor estreou com a camisa alvinegra em jogo válido pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro daquele ano, vitória por 2 a 1 diante do Criciúma, no Independência. O defensor conquistou o Mineiro em 2013 e 2015, a Recopa Sul-Americana e a Copa do Brasil em 2014.

Com o valor da transação, Jemerson passa a integrar a lista de zagueiros mais caros da história do futebol brasileiro. O defensor alvinegro ocupa a terceira colocação, ao lado de Edmílson, vendido do São Paulo para o Lyon.

Veja relação de zagueiros mais caros da história:


Breno (São Paulo para Bayern de Munique): 12 milhões de euros
Alex (Santos para Chelsea): 11,5 milhões de euros
Edmílson (São Paulo para Lyon): 11 milhões de euros
Jemerson (Atlético para o Monaco): 11 milhões de euros
Mário Fernandes (Grêmio para CSKA): 10,5 milhões de euros
Thiago Silva (Fluminense para Milan): 10 milhões de euros
Gil (Corinthians para o Shandong Luneng): 10 milhões de euros
Wallace (Cruzeiro para Braga): 9,5 milhões de euros
Roque Júnior (Palmeiras para Milan): 8,5 milhões de euros
Lúcio (Internacional para Bayer Leverkusen): 8,5 milhões de euros
Henrique (Palmeiras para Barcelona): 8 milhões de euros
Scheidt (Grêmio para Rangers): 7,2 milhões de euros

Tags: mercadobola jemerson