Atlético

ATLÉTICO

Em carta, Jemerson se despede, agradece ao Galo e pede ajuda para comer tropeiro em Monaco

Zagueiro foi negociado com europeus e fez questão de agradecer ao clube

postado em 02/02/2016 13:31 / atualizado em 02/02/2016 13:54

Reprodução

Jemerson usou a rede social Instagram para, mais uma vez, se despedir do Atlético. Em carta publicada nesta terça-feira, o defensor agradeceu a todos do clube pelos anos de Galo. O técnico Rogério Micale (ex-base do clube) e Levir Culpi (antecessor de Aguirre) receberam menção especial. Com a justificativa de sonho realizado ao jogar na Europa, com a camisa do Monaco, o jogador pediu que a torcida mantenha seu apoio e desejou sorte ao Atlético. Por fim, Jemerson brincou e pediu para mandarem um feijão tropeiro, pois está difícil encontrar a iguaria no principado.

Veja, na íntegra, a carta publicada por Jemerson:

Fala, pessoal! Desculpem a demora, mas os últimos dias foram muito tumultuados e corridos para mim. Chegou a hora da despedida.. hora de dizer até logo para tudo e todos aqueles que me ajudaram a crescer como homem e atleta profissional de futebol. Passei grandes momentos no Atlético, jogos inesquecíveis, alguns títulos, gols importantes.. muita história, que levarei comigo com muito orgulho e sempre usarei como incentivo. Se hoje sou um jogador, devo muito a esse clube e às pessoas que me cercaram durante os últimos 5 anos. Presidente Daniel Nepomuceno, toda diretoria e demais funcionários do clube, muito obrigado! Agradeço também todos os treinadores com os quais trabalhei e suas comissões técnicas, especialmente professor Micale, da base, que me ajudou muito no início deste sonho e, claro, Levir, aquele "cara legal" que me deu a titularidade numa final de Recopa contra o Lanús na Argentina. Graças a Deus deu certo! Preciso agradecer ainda meus colegas de posição do Galo e todos os outros do grupo também, pois de alguma forma eles que me ajudaram a evoluir diariamente. Tenho uma família na Cidade do Galo, mas chegou a hora de 'sair de casa' e voar ainda mais alto. Vou atrás de um sonho, algo que todo jogador pensa desde o início da carreira, que é jogar num grande clube da Europa. Deixo Belo Horizonte, cidade que me acolheu muito bem nesses anos, com a sensação de dever cumprido e com a consciência que sempre fiz meu melhor pelo bem do Atlético. Obrigado torcedor do Galo e obrigado torcedor mineiro, que sempre me deu muita moral. Desejo muita sorte e sucesso para o Galo em 2016 e espero que torçam para mim da mesma forma. Bom, já falei demais e meu negócio é JOGAR. Obrigado a todos. Fiquem com Deus. Tmj. Aqui é Galo! É nóis! Valeu! Fui! kkkkkk. Assinado, JERRÊ. Ahh! E mandem um tropeiro pra mim pq aqui ta difícil de achar Kkkkkk

Tags: monaco jemerson atlético galo