Atlético

ATLÉTICO

Atlético vence São Paulo de virada e mantém embalo na briga pela ponta do Brasileirão

Maicosuel e Pratto marcam em vitória assegurada pelas grandes defesas de Victor

postado em 04/08/2016 21:32 / atualizado em 04/08/2016 23:36

MARCELLO ZAMBRANA/AGIF/ESTADAO

O Atlético deu mais um passo e segue no embalo em busca da liderança do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, o time venceu, de virada o São Paulo, por 2 a 1, no Morumbi, pela 18ª rodada. Foi a quarta vitória seguida, a oitava nos 10 últimos jogos.

O técnico Marcelo Oliveira manteve o quarteto ofensivo Lucas Pratto, Maicosuel, Robinho e Fred. Todos tiveram participação nas jogadas dos gols, marcados no primeiro tempo por Maicosuel e Pratto, depois de o São Paulo abrir o placar com Chavez.

Nos 45 minutos finais, o nome do jogo foi Victor. O camisa 1 atleticano fez grandes defesas e assegurou os três pontos que deixam o Galo perto da ponta da tabela, com 32 pontos. Na próxima segunda-feira, o Alvinegro recebe a Chapecoense no Independência, no fechamento do turno. O São Paulo, que se despediu do técnico Edgardo Bauza - vai assumir a Seleção da Argentina -, soma 23 pontos e pega agora o Santa Cruz.

Susto, reação e Victor

A construção da quarta vitória consecutiva teve um obstáculo inicial, apresentado logo aos dois minutos. O argentino Chavez ficou com a sobra na intermediária e surpreendeu o goleiro Victor com um belo chute por cobertura: 1 a 0 para o São Paulo.

Não passou de um susto. Aos poucos, o Atlético se reorganizou. Marca registrada do Galo nas últimas rodadas, a recomposição defensiva aliada à troca de passes com velocidade conduziu o time à virada. A qualidade dos jogadores de ataque voltou a fazer a diferença.

Aos 10 minutos, Robinho recuperou a posse e esticou para Fábio Santos. O lateral tocou para Fred na entrada da área. O atacante dominou e rolou para Maicosuel, livre, chutar cruzado e deixar tudo igual: 1 a 1.

Demorou mais nove minutos para o Atlético comandar o placar. Desta vez, Maicosuel arrancou da defesa para o ataque, deixou a bola com Lucas Pratto. O argentino passou por Buffarini e acertou o ângulo do goleiro Denis: 2 a 1.

As duas equipes criaram mais chances no primeiro tempo. Apenas o Galo voltou a balançar as redes, aos 46 minutos, com Fred. Porém, a arbitragem marcou equivocadamente impedimento do atacante. Esse gol colocaria o clube no G4 da competição.

Na etapa final, o Atlético perdeu intensidade e não encaixou o contra-ataque. Afoito, o time não segurou a bola no ataque. O São Paulo pressionou. Surgiu então Victor para garantir os três pontos. Aos 17, 18 e 28 minutos, o camisa 1 evitou os gols de Maicon, Chavez e Hudson.

Nos 15 minutos finais, Marcelo Oliveira promoveu a estreia no Galo do venezuelano Otero. Mas quem brilhou foi Victor. Aos 40 minutos, o goleiro se esticou todo para salvar o Alvinegro do gol de cabeça de Luiz Araújo.



SÃO PAULO 1 X 2 ATLÉTICO

São Paulo
Denis; Buffarini, Lugano, Maicon e Mena; Hudson, Thiago Mendes (Pedro), Kelvin, Wesley (Luiz Araújo) e Michel Bastos (Daniel); Chavez.
Técnico: Edgardo Bauza

Atlético
Victor; Carlos César, Leonardo Silva, Erazo e Fábio Santos; Rafael Carioca, Júnior Urso e Maicosuel (Lucas Cândido); Lucas Pratto, Robinho (Otero) e Fred (Luan)
Técnico: Marcelo Oliveira

Gols: Chavez, 2min 1ºT; Maicosuel, 10min 1ºT; Lucas Pratto, 19min 1ºT

Motivo: 18ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Morumbi
Data: 4 de agosto, às 19h30

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Jorge Eduardo Bernardi (RS)

Cartão amarelo: Maicosuel, Otero (ATL); Lugano, Buffarini (SAO)

Tags: brasileiro seriea pratto maicosuel saopaulosp galo atlético