Atlético

ATLÉTICO

Carlos, Dodô, Hyuri, Patric: saiba como está a situação dos emprestados do Atlético

Galo poderá aproveitar na temporada 2018 alguns atletas que estão cedidos

postado em 23/11/2017 06:00 / atualizado em 22/11/2017 16:26

O Atlético poderá aproveitar alguns jogadores emprestados na montagem do time para a próxima temporada. Ao todo, são sete atletas que estão cedidos a outros clubes. Mas qual a situação de cada um deles? Quem pode voltar? Como foi o rendimento deles em 2017? Respondemos a essas perguntas e buscamos outras informações sobre os atletas que pertencem ao Galo e estão atuando com outras camisas.

Carlos

Ricardo Duarte/Internacional

O Internacional tem interesse em renovar com Carlos, mas não sabe se o Atlético vai emprestá-lo mais uma vez. Aguarda a eleição para saber os planos do Galo para ele. Carlos atuou 30 vezes com a camisa do Colorado. Em 18 oportunidades, entrou em campo no segundo tempo. Marcou seis gols: três na Copa do Brasil (Oeste e dois no Sampaio Corrêa) e três na Série B (Náutico, Goiás e Criciúma).

Carlos no Inter
Jogos: 30
- 15 na Série B
- 5 na Copa do Brasil
- 9 no Campeonato Gaúcho
- 1 na Primeira Liga
Minutos: 1.341
Gols: 6 (0,2 gol por jogo)

Danilo

Fabio Leoni/PontePress

Danilo tem sido titular da Ponte Preta na inglória missão de tentar manter o time na Primeira Divisão do futebol nacional. A Macaca está na 17ª posição, um ponto a menos em relação ao Vitória, primeiro clube fora da zona de rebaixamento. O lateral do Galo tem sido muito produtivo, tendo marcado 5 gols em 22 jogos com a camisa do time campineiro. Ele tem contrato com a Ponte até maio de 2018.

Danilo na Ponte Preta
Jogos: 22
- 20 no Campeonato Brasileiro
- 2 na Copa Sul-Americana
Minutos: 1.968 minutos
Gols: 5 gols (0,22 gol por jogo)

Hyuri

Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press

Hyuri já voltou de empréstimo do Chongqing Lifan, da China. Durante esta semana, está treinando na Cidade do Galo afastado do restante do elenco. Vai aguardar os planos da diretoria, mas deve ser aproveitado em 2018. A temporada de Hyuri na China foi frustrante. Fez apenas dois jogos e marcou um gol. O técnico sul-coreano Chang Woe-Ryong não deu oportunidades ao atleta alvinegro.

Hyuri no  Chongqing Lifan
Jogos: 2 na Primeira Divisão Chinesa
Minutos: 162 minutos
Gols: 1 (0,5 gol por jogo)

Dodô

Divulgação/Chapecoense

Dodô tem contrato até o fim do ano com a Chapecoense. Não deve ficar no clube catarinense. Segundo apurou a reportagem, há clubes da Série A interessados, mas a definição só sairá depois da eleição do Atlético. Precisa saber se será aproveitado. Participou de 13 jogos na Chape e marcou 2 gols.

Dodô na Chapecoense
Jogos: 13
9 no Campeonato Catarinense
2 na Primeira Liga
2 no Campeonato Brasileiro
Minutos: 824
Gols: 2 (0,15 gol por jogo)

Pablo

Bruno Cantini/Atlético

Em setembro, Pablo foi emprestado pelo Atlético ao CRB. Disputou quatro jogos com a camisa do clube alagoano – entrou no segundo tempo em todas as partidas. Não marcou nenhum gol. A nova diretoria deve definir a situação dele. Deve ser emprestado novamente.

Pablo no CRB
Jogos: 4 na Série B
Minutos: 233
Gol: 0

Patric

Maurícia da Matta/ EC Vitória

O contrato de Patric termina com o Vitória no fim do ano. Ele tem vínculo com o clube alvinegro até o fim de 2018. Tem sido titular do clube baiano em 2017. Em 47 jogos, marcou 2 gols. Vai depender do planejamento do novo presidente para definir seu futuro.

Patric no Vitória
Jogos: 47
6 no Campeonato Baiano
4 na Copa do Brasil
6 na Copa do Nordeste
31 no Campeonato Brasileiro
Minutos: 3.444
Gols: 2 (0,04 gol por jogo)

Henrique

Reprodução/Instagram

O atacante Henrique está emprestado ao CSKA até junho de 2018. Nesta temporada, disputou cinco jogos, mas não marcou gol. Ainda busca se adaptar ao futebol búlgaro.

Jogos: 5 no Campeonato Búlgaro
Minutos: 218
Gol: 0

Tags: carlos dodô hyuri patric emprestados galo