Atlético

ATLÉTICO

Diego Tardelli no Atlético? Sette Câmara mostra pessimismo sobre negociação

Atacante é alvo antigo do clube alvinegro, que esbarra na alta pedida salarial

postado em 05/02/2019 20:52 / atualizado em 05/02/2019 23:59

Alexandre Guzanshe/EM

Presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara mostrou pessimismo sobre a negociação com o atacante Diego Tardelli. Segundo o mandatário alvinegro, o principal empecilho é a alta pedida salarial do jogador de 33 anos, sem clube desde o fim do contrato com o Shandong Luneng, da China, em dezembro de 2018.


“Tardelli teve contato um tempo atrás com o Marques, mas a pedida dele foi muito alta. Para as nossas atuações condições, não é possível trazer. A não ser que muita coisa aconteça, como (conseguir) um investidor para poder ajudar a pagar, mas acho muito difícil acontecer”, disse Sette Câmara à Rádio 91.7 em Montevidéu, local da partida desta terça-feira entre Atlético e Danubio, pela ida da segunda fase da Copa Libertadores.

Cogitou-se a possibilidade de o clube mineiro contar com o auxílio do BMG para pagar salários do jogador. Em contato com o Superesportes na última sexta-feira, dia 1º de fevereiro, o diretor esportivo da instituição financeira, Hissa Elias Moysés, negou qualquer chance de participar do negócio.

"Criaram uma confusão, inventaram um tanto de coisa. Não tem nada, não teve reunião nenhuma com minha participação", disse. "Não há hipótese alguma de o BMG participar dessa transação. Jogador com 34 para 35 anos (33, na verdade). Sem chance", complementou.

Diretor de futebol do Atlético e amigo pessoal de Tardelli, o ex-jogador Marques reafirmou o interesse no atleta. "O Atlético está no páreo. Há identificação do Atlético com o Tardelli e do Tardelli com o Atlético. Mas hoje (terça-feira) é dia de jogo e estamos concentrados só na partida", disse, em contato com o Superesportes.

Tags: diego tardelli atleticomg interiormg futnacional mercadobola