Atlético

CAMPEONATO BRASILEIRO

Em jogo movimentado, mas de poucas chances claras, Atlético empata com Goiás e segue no G4 do Campeonato Brasileiro

Alvinegro chegou a 21 pontos em 12 rodadas na competição nacional

postado em 28/07/2019 20:57 / atualizado em 28/07/2019 21:23

<i>(Foto: Bruno Cantini/Atlético)</i>
Em jogo movimentado, mas de poucas chances claras de gol para os dois lados, Goiás e Atlético empataram por 0 a 0, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado manteve o time mineiro em quarto lugar, com 21 pontos - na zona de classificação direta à fase de grupos da Libertadores de 2020. Já os goianos aparecem em nono, com 17.

Segundo o Footstats, o Atlético acertou o alvo apenas uma vez em 11 finalizações, enquanto o Goiás contabilizou duas conclusões certas em 14 tentativas. A posse de bola ficou dividida em 50% a 50%. Em número de passes certos, a vantagem foi atleticana: 442 a 340.

No duelo deste domingo, o técnico Rodrigo Santana preservou o volante Jair e o atacante Ricardo Oliveira, já que na quarta-feira o Galo enfrentará o Botafogo, às 21h30, no Independência, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Ramón Martínez e Alerrandro entraram na equipe.

Depois de falta de emoção na primeira meia hora de jogo, o Atlético conseguiu boa trama no ataque: Chará recebeu de Elias e, livre de marcação, bateu cruzado à direita de Tadeu. Antes, o Goiás havia finalizado três vezes, todas sem perigo à meta alvinegra.

Aos poucos, o Atlético equilibrou a posse de bola e intensificou os ataques. Contudo, faltava rapidez para se desvencilhar da marcação adversária. Assim, o recurso foi apostar em faltas e escanteios do meia Otero. Num desses cruzamentos, Réver cabeceou por cima, aos 43min.


No segundo tempo, os times aceleraram o jogo. O Atlético levou um susto aos 6min, quando Rafael Vaz, do Goiás, cobrou falta venenosa em direção ao gol. Cleiton defendeu em dois tempos. Pouco depois, aos 16min, o goleiro alvinegro segurou bem a bola no toque de calcanhar de Kayke.

O Galo respondeu imediatamente na velocidade do colombiano Chará, que recebeu lançamento de Patric, tabelou com Alerrandro e foi travado por Yago no momento do chute.

Empolgado, Chará queria jogo. Aos 25min, ele driblou dois defensores do Goiás e rolou para Alerrandro carimbar o travessão. Os atleticanos, inclusive, pediram gol, já que a bola quicou em cima da linha. Imagens de televisão confirmaram que a redonda não entrou. Esse foi o melhor lance da partida.

Naquela altura, o Atlético já contava com Geuvânio e Luan, escalados por Rodrigo Santana nos lugares de Vinícius e Otero. O time continuou buscando os ataques em lances de linha de fundo, porém não caprichou no último passe. Nem a entrada de Papagaio no lugar de Alerrandro foi capaz de ajudar a superar o Goiás, que, por sua vez, quase marcou nos acréscimos em finalização de Michael.

No próximo domingo, às 19h, no Independência, o Galo fará clássico contra o Cruzeiro, pela 13ª rodada da Série A. Talvez a inspiração para a equipe esteja no recente encontro com o rival no Horto: vitória por 2 a 0, no último dia 17, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Além de marcar com Cazares e Patric, o Atlético exigiu três grandes defesas do goleiro Fábio.

GOIÁS 0X0 ATLÉTICO


GOIÁS
Tadeu; Daniel Guedes, Yago, Rafael Vaz e Jefferson; Geovane, Léo Sena (Yago Felipe, aos 22min do 2ºT) e Marlone (Giovanni Augusto, aos 18min do 2ºT); Michael, Kayke (Rafael Moura, aos 28min do 2ºT) e Leandro Barcia
Técnico: Claudinei Oliveira

ATLÉTICO
Cleiton; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Ramón Martínez e Elias; Chará, Vinícius (Luan, aos 23min do 2ºT) e Otero (Geuvânio, aos 15min do 2ºT); Alerrandro (Papagaio, aos 36min do 2ºT)
Técnico: Rodrigo Santana

Cartão amarelo: Yago Felipe, aos 32min do 2ºT (GOI)

Motivo: 12ª rodada do Campeonato Brasileiro

Estádio: Serra Dourada, em Goiânia

Data: domingo, 28 de julho de 2019

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Anderson José de Moraes Coelho

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral

Pagantes: 8.410

Presentes: 10.439

Renda: R$ 176.890,00

Tags: Campeonato Brasileiro Atlético seriea futnacional interiormg goiasgo