Atlético

ATLÉTICO

Rescisão de contrato do Atlético com Dudamel prevê multa de seis salários; valor pode ultrapassar R$ 1,5 milhão

Treinador venezuelano foi demitido pelo Galo depois da vexatória eliminação para o Afogados da Ingazeira na Copa do Brasil

postado em 27/02/2020 17:00 / atualizado em 28/02/2020 14:36

(Foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press)
Demitido pelo Atlético, o técnico Rafael Dudamel deve receber uma alta multa rescisória pela quebra do contrato, que se encerraria no fim de 2021. O Superesportes apurou que o treinador e a sua comissão técnica têm direito a receber seis salários (25% do contrato).

O salário de Dudamel e sua comissão técnica - composta pelo auxiliar Marcos Mathías, pelo preparador físico Joseph Cañas, pelo analista de desempenho Rodrigo Piñón e pelo coach motivacional Jeremias Álvarez - girava em torno de R$ 250 mil mensais. Desta forma, o acerto deve girar em torno de R$ 1,5 milhão.

As partes ainda não conversaram sobre os termos da rescisão contratual e a forma de pagamento. É possível que haja uma negociação para reduzir os valores, mas a tendência é de que Dudamel não abra mão de receber a quantia, uma vez que abandonou um trabalho sólido na Seleção Venezuelana por acreditar num projeto de longo prazo no Atlético. 

Dudamel foi demitido no início da madrugada desta quinta-feira, pouco depois da eliminação do Atlético na Copa do Brasil. O presidente Sérgio Sette Câmara ainda dispensou Rui Costa, diretor de futebol, e Marques, gerente de futebol.

A reportagem procurou dirigentes do Atlético para falar sobre a multa da rescisão de Dudamel. O telefone do presidente Sérgio Sette Câmara está desligado. Vice-presidente do clube, Lásaro Cândido da Cunha respondeu por mensagem: “Se soubesse, não falaria. Assunto da presidência”. O Superesportes tentou contato também com Rui Costa, que foi um dos responsáveis pela contratação do venezuelano, mas o ex-diretor do clube ignorou as mensagens.

Demissão

Rafael Dudamel iniciou oficialmente a curta passagem pelo Atlético em 6 de janeiro, quando desembarcou com festa da torcida no Aeroporto Internacional de Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Portanto, foram apenas 52 dias de trabalho do treinador, que abandonou o sonho de levar a Seleção Venezuelana a uma Copa do Mundo para dirigir o clube alvinegro.

Na Cidade do Galo, Dudamel acumulou duas eliminações vexatórias. Na última quinta-feira, caiu na primeira fase da Copa Sul-Americana para o Unión-ARG. Nessa quarta, perdeu nos pênaltis para o modesto Afogados na segunda fase da Copa do Brasil após empate por 2 a 2 no tempo regulamentar, em jogo disputado no Estádio Vianão, em Afogados da Ingazeira, interior de Pernambuco.

Em apenas dez partidas sob o comando do venezuelano, o Atlético venceu quatro jogos, empatou outros quatro e perdeu dois. O aproveitamento foi de 53,33% dos pontos disputados. A equipe marcou 13 gols e sofreu oito.

Loading...

Tags: atleticomg interiormg futinternacional seriea mercadobola dudamel