Atlético

ATLÉTICO

Rubens Menin não descarta possibilidade de transmitir partidas do Atlético na CNN: 'Tudo é possível'

Empresário e parceiro do clube alvinegro também é sócio do canal fechado de televisão

postado em 04/07/2020 07:00 / atualizado em 04/07/2020 02:04

(Foto: Divulgação)
A Medida Provisória 984/2020 assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vai permitir que os clubes mandantes das partidas possam negociar os direitos de transmissão. Mesmo que o Atlético tenha contrato com a TV Globo até 2023, o empresário Rubens Menin, em entrevista ao canal do jornalista Jorge Nicola, não descarta a possibilidade de transmitir os jogos da equipe pela CNN - canal de televisão que tem o mecenas como sócio.
 
“Tudo é possível. A CNN é um canal de notícias, mas o grupo por trás da CNN é o maior grupo de mídia do mundo. Inclusive, tem a Fox, que tem direito de transmissão. Eu acho que isso vai começar a acontecer, igual na Europa. Por que o futebol na Europa deu certíssimo? Porque essas ligas são muito bem gerenciadas, os contratos são muito bons. O cara para entrar na Premier League ganha 40 milhões de libras. Tem que ter um pouco de fair play também, assim como a NBA tem fair play. O futebol brasileiro tem muito o que evoluir”, disse.
 
A MP assinada por Bolsonaro mexe com as negociações dos direitos de transmissão das partidas. A partir de agora, os clubes mandantes têm o direito de arena sobre os jogos. Dessa forma, os clubes podem negociar com uma emissora de TV para que seus jogos em casa sejam transmitidos, mesmo que o adversário tenha acerto com uma outra emissora. Contudo, os contratos já assinados não devem ser descumpridos.

Apoio de Menin no mercado

O Atlético conta com o aporte financeiro dos empresários Rubens Menin, dono também da MRV, e Ricardo Guimarães, dono do Banco BMG, para a contratação de reforços. Durante a pandemia do novo coronavírus, o clube investiu mais de R$ 85 milhões em contratações para atender aos pedidos do técnico Jorge Sampaoli.
 
Seis jogadores já foram anunciados para a sequência da temporada: os zagueiros Bueno (300 mil dólares – cerca de R$ 1,5 milhão) e Junior Alonso (3 milhões de euros - cerca de R$ 17,9 milhões); os volantes Léo Sena (R$ 4 milhões) e Alan Franco (2,5 milhões de dólares - cerca de R$ 12,6 milhões); e os atacantes Marrony (cerca de 3,5 milhões de euros – cerca de R$ 20 milhões) e Keno (2,3 milhões de dólares – cerca de R$ 11,8 milhões). Além disso, o clube pagou 3 milhões de euros (cerca de R$ 17,9 milhões) para comprar de forma definitiva o meia Nathan, que pertencia ao Chelsea.

Tags: atleticomg interiormg seriea rubens menin