Atlético

ATLÉTICO

Desejo de Mariano de voltar ao Brasil pode ser trunfo do Atlético; empresário prega cautela

Pedido de Sampaoli, lateral está em fim de contrato e pretende retornar ao país

postado em 10/07/2020 11:41 / atualizado em 10/07/2020 12:05

(Foto: Divulgação / Galatasaray)
O Atlético continua trabalhando forte no mercado. O clube já anunciou as contratações de seis jogadores: os zagueiros Junior Alonso e Bueno; os volantes Léo Sena e Alan Franco; e os atacante Keno e Marrony. O próximo da lista pode ser o lateral-direito Mariano.

O Superesportes conversou com uma fonte ligada ao atleta que confirmou a vontade de Mariano de voltar ao Brasil. O contrato dele com o Galatasaray expira no dia 26 de julho, segundo o Transfermarkt.

O Galo preferiu não confirmar nem desmentir o interesse no jogador.

Jorge Nicola, comentarista de ESPN, disse que já há um acordo entre as partes. Em contato com a reportagem, o empresário do atleta, Marcelo Robalinho, pregou cautela e disse que "ainda não há nada".

Mariano é um desejo do técnico Jorge Sampaoli, que já trabalhou com o atleta no Sevilla, da Espanha, entre junho de 2016 e julho de 2017. A admiração entre eles é recíproca.
 
O agente Robalinho já disse, em entrevista no mês passado, que o desejo de Mariano de trabalhar com Sampaoli pode pesar em uma negociação. 

“O Mariano pode ter um clube que oferte mais, porém o Sampaoli pode ser o diferencial em que o Mariano fale: ‘vou ganhar menos, mas quero trabalhar com o Sampaoli’. São vários fatores que entrem em soma quando um jogador toma uma decisão”, destacou.

Opções na lateral


Titular da equipe, Guga é um dos atletas com potencial de venda do clube. O alvinegro trabalha com uma meta de arrecadação com transferências de jogadores em 2020 e o jovem pode ser negociado caso receba uma proposta. Por isso, a chegada de um novo jogador para a posição é vista com bons olhos pela diretoria.

Passagem pelo Galo 


Mariano já passou pelo Atlético. Em 2008, ele foi contratado para o Campeonato Brasileiro. O jogador era um dos destaques daquela equipe, mas acabou dispensado pela diretoria por causa de indisciplina. Antes do jogo contra o Palmeiras, em São Paulo, ele abandonou a concentração ao lado do lateral-esquerdo Calisto e do meia Lenílson. Eles foram para uma festa e tiveram o contrato rescindido por justa causa. 

Na época, arrependido, ele chegou a divulgar uma nota desculpando-se. “Poderia ter continuado um pouco mais no Atlético, mas entendi a posição do clube. Consegui absorver aquela situação e segui mais focado na carreira”, disse Mariano, ao Superesportes, em 2012. 

Depois que deixou o Atlético, Mariano assinou contrato com o Fluminense e se destacou no tricolor. Ele foi titular por três temporadas até ser vendido ao Bordeaux, da França. O jogador ainda teve passagem pelo Sevilla até chegar ao Galatasaray, na temporada 2017/18.

Tags: galo mercado mariano atleticomg