Atlético

ATLÉTICO

Sampaoli diz que Atlético poderia ter vencido América por placar maior e descarta jogar com regulamento no Independência

Galo ganhou do Coelho por 2 a 1 pelo jogo de ida da semifinal do Mineiro

postado em 02/08/2020 19:44 / atualizado em 02/08/2020 20:17

(Foto: Juarez Rodrigues/EM D.A Press)
O técnico Jorge Sampaoli gostou da evolução apresentada pelo Atlético na vitória por 2 a 1 sobre o América, neste domingo, no Mineirão, pelo jogo de ida da semifinal do Campeonato Mineiro. Na opinião do comandante, o time poderia ter ganhado por vantagem maior, visto que perdeu boas oportunidades no decorrer do segundo tempo. Os gols do Galo foram marcados por Jair, aos 18min, e Nathan, aos 39min do primeiro tempo. Ademir diminuiu para o Coelho aos 4min da etapa final.


“A evolução do time se relaciona do que estamos propondo. Essa evolução nos proporcionou controlar uma equipe que vinha bem, invicta. Hoje geramos muita diferença em relação ao desenvolvimento do jogo. A partida poderia ter terminado com uma diferença maior porque o rival teve somente o gol e uma jogada a mais. Nós tivemos mais aproximações e muito mais chances. Temos que seguir, sabendo que nesse tipo de partida faz a diferença o placar”, analisou Sampaoli, em coletiva depois do clássico.

Para o argentino, o único momento do duelo em que sua equipe se descontrolou foi no começo segundo tempo, quando o América fez o gol e conseguiu trocar mais passes no ataque. Depois de 15 minutos, o domínio alvinegro foi restabelecido, e os atletas criaram chances. Aos 25min, Marrony estava livre de marcação dentro da grande área quando recebeu passe de Nathan e isolou a bola ao chutar de pé esquerdo.


“A falta de domínio basicamente foi nos primeiros 15 minutos, onde saímos um pouco distraídos. Depois, nos últimos 30, me pareceu que a equipe retomou, teve mais chances no segundo tempo que no primeiro, chances claras. Só faltou concretizar. É parte da evolução”.

Com o bom resultado no Mineirão, o Galo precisará de um empate diante do Coelho, às 21h30 de quarta-feira, no Independência. Entretanto, a intenção de Sampaoli é armar uma estratégia para buscar a vitória, sem se apoiar ao resultado obtido no Mineirão.

“Se você analisar meus times, seguramente vai ver que isso não vai ser assim (jogar pelo empate). Vai ser diferente”, resumiu o técnico, conhecido por exigir das equipes que treina a constante busca por gols.

Números


De acordo com a plataforma de scout SofaScore, o Atlético terminou o jogo contra o América com 65% de posse de bola, além de três finalizações certas e seis fora do alvo. Nos passes, o Galo contabilizou 551, com 85% de acerto (466), contra 276 do adversário, que atingiu 70% de aproveitamento (193).

Individualmente, Junior Alonso, que recebia toques curtos do goleiro Rafael para sair jogando, acertou 85 passes, tendo 95,5% de sucesso no fundamento. Réver também registrou bom índice nos passes - 74 certos, com 88,1% de aproveitamento -, além de se destacar defensivamente com cinco interceptações, três desarmes, dois chutes travados e dez bolas cortadas.

Tags: clássico América Atlético interiormg futnacional Mineirão Independência Sampaoli