Atlético

ATLÉTICO

Defensores do Atlético se destacam como 'passadores' em jogo de posse de bola de Sampaoli

Réver e Junior Alonso foram recordistas no fundamento diante do América

postado em 03/08/2020 08:30 / atualizado em 03/08/2020 11:54

(Foto: Bruno Cantini/Agência Galo/Atlético)
Com 65% de posse de bola, segundo a plataforma SofaScore, o Atlético trocou 466 passes na vitória sobre o América por 2 a 1, nesse domingo, no Mineirão, pelo jogo de ida da semifinal do Campeonato Mineiro. O sucesso alvinegro se dá principalmente pelas exigências do técnico Jorge Sampaoli, que quer da equipe uma postura ofensiva mesmo podendo atuar pelo empate no duelo de volta, às 21h30 de quarta-feira, no Independência.

Quatro jogadores do Galo se destacaram como “passadores” diante do Coelho. O zagueiro paraguaio Junior Alonso liderou a estatísticas, com 85 acertos, seguido pelo também defensor Réver, com 74. Outro a alcançar bons números foi o volante Allan, com 71, assim como o goleiro Rafael, que saiu jogando curto 38 vezes. Juntos, eles completaram 57,5% dos passes corretos da equipe.

Dificilmente o time de Sampaoli inicia as jogadas no chutão. Quando Rafael vai cobrar tiro de meta, um dos zagueiros já se posiciona dentro da grande área para receber a bola. E mesmo nas ocasiões em que o América tentava fazer marcação alta, o Galo conseguia trabalhar a redonda com tranquilidade, tocando de pé em pé até explorar velocidade e movimentação dos atacantes Savarino, Keno e Marrony.

“A evolução do time se relaciona com o que estamos propondo. Essa evolução nos proporcionou controlar uma equipe que vinha bem, invicta. Hoje geramos muita diferença em relação ao desenvolvimento de jogo. A partida poderia ter terminado com uma diferença maior porque o rival teve somente o gol e uma jogada a mais. Nós tivemos mais aproximações e muito mais chances. Temos que seguir, sabendo que nesse tipo de partida faz a diferença o placar”, analisou o treinador.

Caso obtenha mais um resultado favorável sobre o América na quarta-feira, o Atlético avançará à final do Campeonato Mineiro para enfrentar Tombense ou Caldense. No primeiro jogo, o time de Tombos ganhou por 1 a 0, no Independência, e poderá perder pelo mesmo placar no segundo duelo. A Federação Mineira de Futebol se reunirá na quinta-feira (6) com dirigentes de clubes envolvidos na decisão para agendar as datas e os horários dos confrontos de ida e volta.

Recordistas de passes certos no Atlético


Junior Alonso - 85 (95,5%)

Réver -74 (88,1%)

Allan - 71 (92,2%)

Guga - 46 (79,3%)

Rafael - 38 (84,4%)

Guilherme Arana - 34 (79,1%)

Jair - 27 (81,%)

Nathan - 26 (72,2%)

Marrony - 16 (84,2%)

Savarino - 15 (83,3%)

Keno - 11 (57,9%)

Hyoran - 8 (80%)

Marquinhos - 6 (100%)

Otero - 5 (71,4%)

Mailton - 4 (57,1%)

Estatísticas de Atlético x América


Fonte: SofaScore

Posse de bola: Atlético 65% x 35% América

Finalizações: Atlético 12 x 8 América

Chutes a gol: Atlético 3 x 2 América

Chutes para fora: Atlético 6 x 1 América

Chutes travados: Atlético 3 x 5 América

Escanteios: Atlético 5 x 7 América

Impedimentos: Atlético 2 x 3 América

Passes: Atlético 551 x 276 América

Passes certos: Atlético 466 x 193  América

Aproveitamento em passses: Atlético 85% x 70% América

Bolas longas: Atlético 28/58 (48%) x 19/48 (40%) América

Cruzamentos: Atlético 4/16 (25%) x 2/22 América (9%)

Desarmes: Atlético 11 x 21 América

Cortes: Atlético 31 x 13 América

Tags: passes América Atlético interiormg futnacional posse de bola Réver Junior Alonso