Atlético

ATLÉTICO

Maquetes interativas e realidade virtual: Atlético cria 'Centro de Experiência' na Arena MRV

Ideia é mostrar a realidade das obras de construção do estádio do Galo

postado em 15/08/2020 12:06 / atualizado em 15/08/2020 12:16

(Foto: Bruno Cantini/Atlético)

O Atlético anunciou a criação de um “Centro de Experiência” no terreno onde está sendo construída a Arena MRV. A ideia é que torcedores e conselheiros, além da imprensa, conheçam o projeto de forma mais profunda, tendo acesso à maquetes interativas, experiências com realidade virtual e outras atrações.

A iniciativa será desenvolvida durante a nova fase de construção do estádio do Galo, que começou nessa sexta-feira. Durante a semana, o presidente do clube alvinegro, Sérgio Sette Câmara, já havia comentado sobre o projeto. 

"Outra novidade é que estamos criando um centro de convivência para que torcedores, conselheiros e imprensa possam visitar, como se fosse um showroom, e conhecer o que será a realidade da nossa Arena MRV. Vai ser muito bacana, muitas experiências legais. Em breve, a torcida do Atlético vai ter o prazer de conhecer e vai ter uma experiência maravilhosa", disse à TV Galo.   

O “Centro de Experiência” terá vista privilegiada para a obra da Arena MRV, maquete interativa, experiências com realidade virtual, camarote decorado, loja temática e sala de vídeo com cadeiras semelhantes às que serão instaladas no estádio, entre outras novidades.

A Arena MRV terá capacidade para 46 mil torcedores. A previsão é de que as obras tenham duração entre 28 e 30 meses, o que permitirá a inauguração no fim de 2022.
 
 

Arena MRV


A Arena MRV foi projetada pelo arquiteto Bernardo Farkasvölgyi. A obra foi orçada inicialmente em R$ 410 milhões, sem contar o valor de R$ 50 milhões do terreno, doado pela construtora.

Para viabilizar o estádio, o Galo negociou 50,1% do shopping Diamond Mall para a Multiplan por R$ 250 milhões. Com correções monetárias de quase 20%, a quantia chegou a R$ 296,8 milhões em janeiro de 2020.
 
Os R$ 160 milhões restantes serão obtidos por meio de naming rights com a própria MRV (R$ 60 milhões) e venda de cadeiras cativas - R$ 100 milhões, com 60% já garantidos pelo banco BMG.

A Racional Engenharia conduz as obras da Arena MRV, que será um estádio multiuso e contará com 40 bares, 68 camarotes e 2.400 vagas de estacionamento.
 
 

Tags: atleticomg interiormg futnacional seriea arena mrv