Atlético

ATLÉTICO

Justiça condena Atlético a pagar R$ 630 mil ao ex-técnico Levir Culpi

Ex-treinador requeria pagamento de até R$ 1.625.424,50; cabe recurso

postado em 18/09/2020 17:00 / atualizado em 18/09/2020 20:16

(Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)

Sentença da Justiça do Trabalho datada desta sexta-feira condena o Atlético ao pagamento de R$ 630 mil ao ex-treinador Levir Culpi. A decisão da 37ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte é em primeira instância e cabe recurso.

O valor inicial requerido pelo técnico aposentado era bem superior: R$ 1.625.424,50. A juíza responsável pela ação, porém, julgou procedentes apenas parte dos pedidos de Levir, demitido do Atlético em abril de 2019.

Os R$ 630 mil de condenação se referem a premiações individuais, "bichos", aviso prévio indenizado, multa de 40% sobre o FGTS, multa do artigo 477, §8º, da CLT e 11 dias de direitos de imagem.

A ação trata da última passagem de Levir Culpi pelo Atlético, entre outubro de 2018 e abril de 2019. O contrato valia até o fim do ano passado, mas foi rompido antecipadamente pelo clube alvinegro por conta do mau desempenho na Copa Libertadores.

A gota d'água foi a goleada por 4 a 1 sofrida contra o Cerro Porteño, no Paraguai. Nessa última passagem do treinador pelo clube, foram 31 jogos, com 18 vitórias, cinco empates e oito derrotas, 52 gols marcados e 28 gols sofridos.

Levir Culpi dirigiu o Atlético em cinco períodos distintos. Ao todo, o treinador somou 320 partidas à frente da equipe alvinegra, com 172 jogos, 66 empates e 82 derrotas. Juntos, técnico e clube conquistaram seis títulos: três Campeonatos Mineiros (1995, 2007 e 2015), uma Copa do Brasil (2014), uma Recopa Sul-Americana (2014) e a Série B do Campeonato Brasileiro (2006).

Tags: galo justica atleticomg interiormg futnacional levir culpi seriea