Atlético

CAMPEONATO BRASILEIRO

Com 12 desfalques, Atlético visita Ceará e tenta voltar à liderança do Brasileiro

Times se enfrentam neste domingo, a partir das 16h, pela 22ª rodada

postado em 22/11/2020 06:00 / atualizado em 21/11/2020 21:02

(Foto: Pedro Souza/Atlético)
Em meio ao surto de COVID-19 que atinge a Cidade do Galo, o Atlético tenta se recuperar no Campeonato Brasileiro após a derrota por 2 a 0 para o Athletico, na última quarta-feira. Para isso, o time comandado pelo técnico Jorge Sampaoli terá que superar a ausência de 12 jogadores contra o Ceará. A bola rola às 16h deste domingo, no Castelão, pela 22ª rodada.

Depois do tropeço no Mineirão e do triunfo do novo líder Flamengo sobre o Coritiba, vencer em Fortaleza se tornou necessário para que o Atlético retome a ponta da Série A. A equipe alvinegra soma 38 pontos - um a menos que o Rubro-Negro e dois a mais que Internacional e São Paulo, que aparecem nas posições subsequentes da tabela de classificação.

Atlético desfalcado


Desde o início da pandemia do novo coronavírus, o Atlético divulgou 32 casos da doença entre jogadores, integrantes das comissões técnicas e da diretoria. Atualmente, dez atletas estão em isolamento. A lista de 12 desfalques é completa com o lateral-direito Mariano e o atacante Diego Tardelli, por lesão. Veja todos na galeria a seguir:

Diante do cenário adverso, o técnico Jorge Sampaoli - que não estará no banco de reservas, já que também cumpre isolamento após ter testado positivo para a COVID-19 - busca alternativas para a escalação da equipe. As mudanças começam no gol: Rafael assume a vaga de Everson, também diagnosticado com o vírus.

Na lateral direita, a primeira dúvida: o jovem Talison, de 20 anos, e o zagueiro Bueno brigam pela vaga. Na zaga, Igor Rabello e Junior Alonso (de volta da Seleção Paraguaia) serão titulares. Na ala esquerda, Guilherme Arana é o escolhido.

No meio-campo, muitas dúvidas, especialmente porque os primeiros volantes que atuam com mais frequência (Allan e Jair) estão fora por COVID-19. O jovem Wesley, de 20 anos, e Nathan (que já jogou no setor) podem atuar por ali. À frente, a certeza é Matías Zaracho. Hyoran também pleiteia uma vaga.

No ataque, menos dúvidas. O trio deve mesmo ser formado por Jefferson Savarino (de volta da Seleção Venezuelana), Keno e Eduardo Sasha. O responsável por comandar a equipe do banco de reservas será Leandro Zago, do time de transição.

O Ceará


(Foto: Divulgação/Ceará)
Eliminado pelo Palmeiras nas quartas de final da Copa do Brasil no meio da semana, o Ceará concentra todas as energias no Campeonato Brasileiro. O time do técnico Guto Ferreira ocupa a 15ª posição, com 24 pontos, e não ganha há três rodadas (dois empates e uma derrota).

Para o jogo contra o Atlético, o Ceará pode não ter o zagueiro Luiz Otávio, que reclamou de dores após o empate por 2 a 2 com o Palmeiras. Se não jogar, será substituído por Eduardo Brock, recuperado de COVID-19.

O grande reforço é o meia Vinícius, o ‘Vina’. Ex-jogador do Atlético, o meia ficou de fora das últimas partidas do Ceará no Brasileirão por ter contraído o coronavírus. Voltou contra o Palmeiras em grande estilo, com um belo gol.

CEARÁ X ATLÉTICO


Ceará
Fernando Prass; Samuel Xavier, Tiago Pagnussat, Eduardo Brock (Luiz Otávio), Bruno Pacheco; Fabinho, Charles, Vina; Fernando Sobral, Léo Chú, Felipe Vizeu
Técnico: Guto Ferreira
 
Atlético
Rafael; Talison (Bueno), Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Wesley (Hyoran), Nathan e Matías Zaracho; Savarino, Keno e Eduardo Sasha
Técnico: Leandro Zago
 
Motivo: 22ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Castelão, em Fortaleza
Data e horário: domingo, 22 de novembro de 2020, às 16h (de Brasília)
 
Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA-SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Tags: galo atleticomg interiormg futnacional seriea cearace