Atlético

ATLÉTICO

Conselho do Atlético aprova orçamento que prevê R$ 401 milhões em receitas em 2021

Galo acredita que terá superávit de R$ 5 milhões no próximo ano

postado em 30/11/2020 22:47 / atualizado em 30/11/2020 23:11

(Foto: Divulgação/Atlético)
O Conselho Deliberativo do Atlético aprovou por unanimidade na noite desta segunda-feira o orçamento que prevê R$ 401 milhões em receitas na temporada 2021. A reunião ocorreu no salão do clube Labareda, no bairro Itapoã, na Região da Pampulha, em Belo Horizonte.

O encontro foi conduzido pelo presidente do Conselho Deliberativo, Castellar Modesto Guimarães Filho. O presidente Sérgio Sette Câmara também esteve na mesa, assim como Sérgio Batista Coelho (candidato único à presidência), Rafael Menin (vice-presidente do Conselho), Sérgio Rodrigues Leonardo (presidente do Conselho Fiscal) e Davydson Cristian Cerqueira Leal (secretário do Conselho).

Na previsão de R$ 401 milhões em receitas, a diretoria executiva do Galo estipulou superávit de R$ 5 milhões. Os maiores ganhos do clube seriam com  transmissão e imagem/premiação (R$ 183,3 milhões) e transferências de atletas (R$ 120 milhões).

Outras fontes de renda estão em Galo na Veia (R$ 24,2 milhões), patrocínios (R$ 22,1 milhões) e bilheteria (R$ 19,2 milhões). No documento, a direção considera que os jogos finais do Brasileiro 2020 e o Campeonato Mineiro de 2021 serão com portões fechados. Já as outras competições terão público reduzido.

Com relação às despesas, o Atlético estipula os custos do futebol profissional em R$ 319,7 milhões, sendo R$ 172 milhões referentes a “pessoal, direitos de imagem e comissão”, R$ 133,8 milhões com “atividades do futebol” e R$ 13,9 milhões de “custos gerais”.


Tags: Atlético finanças receita orçamento Galo interiormg futnacional seriea