Atlético

CAMPEONATO MINEIRO

Atlético empata com Tombense, vai à final e espera América ou Cruzeiro

Com formação recheada de reservas, equipe alvinegra avançou à 15ª decisão consecutiva do Campeonato Mineiro ao empatar por 1 a 1 neste sábado, no Mineirão

postado em 08/05/2021 18:22 / atualizado em 08/05/2021 18:53

(Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)

Atlético e final do Campeonato Mineiro têm sido inseparáveis desde 2007. E neste ano não vai ser diferente. Com uma formação composta majoritariamente por reservas, o time alvinegro empatou por 1 a 1 com o Tombense na semifinal deste sábado, no Mineirão, e garantiu vaga na decisão estadual pela 15ª vez consecutiva. Na partida de ida, o atual campeão havia vencido por 3 a 0, no Independência.

Eduardo Sasha abriu o placar para o Atlético logo no início do primeiro tempo, ao completar de cabeça uma cobrança de escanteio feita por Hyoran. Na etapa final, o Tombense buscou o empate num contragolpe concluído com classe por Caíque.
Na final, o Atlético espera o classificado do confronto entre América e Cruzeiro, que se enfrentam neste domingo, a partir das 16h, no Independência. Na partida de ida, triunfo americano por 2 a 1, que dá ao time a possibilidade de perder por até um gol de diferença para, ainda assim, garantir a vaga.

Antes da decisão do próximo domingo, os comandados do técnico Cuca voltam as atenções à Copa Libertadores. O Atlético vai à Colômbia, onde enfrenta o América de Cáli-COL na quinta-feira, às 21h, pela quarta rodada do Grupo H. O jogo seria disputado em Bucaramanga, mas foi transferido para Barranquilla, no estádio Romelio Martínez.

Já o Tombense, eliminado do Mineiro, recebeu neste sábado o troféu de campeão do interior. A equipe agora se prepara para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. A estreia será contra o Paysandu, no Almeidão, em Tombos. Data e horário ainda não foram definidos pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

(Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)

Vantagem aumenta


Com a classificação à final encaminhada, Cuca optou por dar oportunidades a jogadores que têm atuado com menos frequência e poupar os mais desgastados para a Libertadores. Por isso, escalou uma formação composta majoritariamente por reservas.

E foi mais do que suficiente para assegurar a vaga na decisão. O Atlético começou em ritmo acelerado e, logo aos 7 minutos, abriu o placar. Hyoran cobrou escanteio para Eduardo Sasha desviar de cabeça para as redes.
(Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)
A intensidade permaneceu alta na primeira metade da etapa inicial e caiu com o passar do tempo. O Tombense ficava com a bola, mas tinha muitas dificuldades para superar a marcação atleticana e criar boas oportunidades. Objetivo e sem dificuldades para manter o domínio, o Atlético finalizou mais.

Titular pela primeira vez desde que voltou da lesão muscular na coxa direita, Tardelli se movimentou bem, mas pouco criou. A principal participação do atacante foi negativa: com a sola da chuteira, fez falta dura em Rodrigo Carioca e flertou com a expulsão, mas recebeu amarelo.

Tombense empata


Pouco mudou o panorama da partida com o reinício do jogo para o segundo tempo. Cuca utilizou a metade final da partida para dar oportunidades a mais jogadores: Eduardo Vargas, Alan Franco e Nathan entraram nas vagas de Sávio, Jair e Hyoran, respectivamente.

O técnico Rafael Guanaes também mexeu no Tombense. As alterações, entretanto, fizeram pouca diferença. A equipe do interior até conseguiu finalizar, mas poucas vezes levou perigo ao gol defendido por Matheus Mendes.


O ritmo do jogo caiu. Mesmo assim, o Atlético criou - e desperdiçou - boas chances, uma delas com Tardelli, que completou cruzamento de Mariano para fora. Quando os donos da casa melhoraram no jogo, o Tombense buscou o empate, aos 33 minutos.

Num bom contra-ataque, Caíque avançou pela direita, ganhou na velocidade e saiu frente a frente do goleiro. Na finalização, deu um belo toque por cima de Matheus Mendes para deixar tudo igual: 1 a 1. E foi só. Atlético classificado para mais uma decisão estadual.

ATLÉTICO 1 X 1 TOMBENSE

 
Atlético
Matheus Mendes; Mariano, Réver, Igor Rabello (Gabriel, aos 34’ do 2ºT) e Dodô; Allan, Jair (Alan Franco, aos 11’ do 2ºT) e Hyoran (Nathan, aos 16’ do 2ºT); Sávio (Eduardo Vargas, no intervalo), Diego Tardelli (Marrony, aos 34’ do 2ºT) e Eduardo Sasha
Técnico: Cuca
 
Tombense
Felipe Garcia; Falcão (Moisés, aos 30’ do 2ºT), Wesley, Ramon e Manoel; Rodrigo (Paulinho Dias, aos 30’ do 2ºT), Marquinhos e Everton (Caíque, aos 14’ do 2ºT); Rodrigo Carioca (Pedrão, aos 45' do 2ºT), Keké e Rubens (Jean Lucas, no intervalo)
Técnico: Rafael Guanaes
 
Motivo: jogo de volta da semifinal do Campeonato Mineiro
Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte
Data e horário: 8 de maio, sábado, às 16h30 (de Brasília)

Gols: Eduardo Sasha, aos 7’ do 1ºT (ATL); Caíque, aos 33’ do 2ºT (TOM)
Cartões amarelos: Jair, aos 18’, e Diego Tardelli, aos 36’ do 1ºT (ATL); Moisés, aos 30’, e Keké, aos 38’ do 2ºT (TOM)
 
Árbitro: Paulo César Zanoveli 
Auxiliares: Frederico Soares Vilarinho e Leonardo Henrique Pereira 
VAR: Igor Júnio Benevenuto

Tags: galo atleticomg tombense interiormg futnacional seriea