Atlético

CAMPEONATO BRASILEIRO

Atlético marca no começo, segura pressão e vence 3ª seguida no Brasileiro

Nathan aproveitou assistência de Hulk e fez o gol da vitória sobre o Inter

postado em 16/06/2021 21:00 / atualizado em 16/06/2021 21:24

(Foto: Pedro Souza/Atlético)
 
 
Com um começo de jogo avassalador, o Atlético garantiu a terceira vitória seguida no Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, Nathan balançou as redes no primeiro minuto de jogo, gol suficiente para o Galo conquistar o triunfo sobre o Internacional por 1 a 0. 

 
O gol rápido foi fundamental para a estratégia do Atlético funcionar no Beira-Rio. O Galo jogou pelo contra-ataque, mas não conseguiu marcar pela segunda vez. Defensivamente, o alvinegro suportou a pressão do time colorado e garantiu o resultado positivo.
 
Com a vitória fora de casa, o Atlético chegou ao terceiro lugar, com nove pontos. Já o Internacional ocupa a 14ª posição, com quatro.
 
O Atlético volta a campo apenas na próxima segunda-feira, quando recebe a Chapecoense, às 20h, no Mineirão. O Inter joga no domingo, às 16h, contra o Ceará, no Beira-Rio.


 

O jogo

 
O Atlético teve diversos desfalques para a partida no Beira-Rio: Igor Rabello e Matías Zaracho, com COVID-19, Nacho Fernández, com quadro gripal, e os jogadores convocados para a Copa América (Junior Alonso, Alan Franco, Eduardo Vargas e Jefferson Savarino). Além disso, o atacante Keno, com desgaste muscular, ficou no banco de reservas.
 
Cuca, então, mudou a formação do Galo. O time atuou no 4-5-1, com Jair e Nathan reforçando o meio-campo. E a estratégia era clara: pressionar a saída de bola do Internacional para roubar a bola e encarar um adversário desorganizado em seu setor defensivo.
 
E deu certo. No primeiro lance do jogo, Hulk quase saiu na cara do gol após roubada de bola. No lance seguinte, o Galo abriu o placar. Jair desarmou Jhonny no meio-campo, arrancou e acionou Hulk. O atacante passou por Cuesta e passou para Nathan, que entrou pelo meio, avançou livre e finalizou sem chances para o goleiro Daniel: 1 a 0.
 
Ainda nos primeiros minutos, o Atlético criou mais duas situações perigosas após roubadas de bola no campo de ataque. 
 
Aos poucos, o Internacional foi dominando as ações. A equipe colorada se impôs em campo, adiantou a marcação no campo de ataque e dificultou a saída de jogo do Galo. O time da casa, no entanto, teve apenas uma grande chance, com Edenílson, que finalizou com perigo para fora.
 
O segundo tempo começou com o Atlético mais presente no campo de ataque em relação ao fim da etapa inicial. O Inter, que seguia buscando o empate, perdeu Taison, seu principal jogador, lesionado. E, logo depois da substituição, o colorado desperdiçou chance incrível. Do meio-campo, Réver recuou mal para Everson. A bola caiu no pé de Thiago Galhardo, que avançou livre, mas hesitou. O atacante conseguiu passar pelo goleiro do Galo, mas foi desarmado por Guilherme Arana.
 
Logo depois do lance, Cuca mexeu no Galo. Dodô entrou no lugar de Nathan. Desta forma, Arana passou a jogar mais avançado. O jogo ficou mais aberto. De um lado, Maurício desperdiçou grande chance. Do outro, Allan perdeu boa oportunidade.
 
Os dois treinadores mexeram nas equipes para dar mais velocidade ao jogo. Pouco depois, Cuca foi obrigado a modificar o time de novo. Dodô sofreu lesão muscular e pediu substituição. Na sequência, foi a vez de Víctor Cuesta deixar o campo lesionado.
 
O Galo recuou na reta final do jogo e esperava a chance de um contra-ataque. O Inter foi para cima, apelou para cruzamentos e tentou de todas as formas o empate, mas não conseguiu. Melhor para o Atlético, que venceu pela terceira vez seguida no Brasileiro.

Internacional 0 x 1 Atlético 

 
Internacional
Daniel; Heitor, Zé Gabriel, Víctor Cuesta (Rodrigo Dourado, 30/2°T) e Moisés; Johnny (Rodrigo Lindoso, 21/2°T), Edenílson, Patrick e Taison (Maurício, 6/2°T); Yuri Alberto (Vinicius Mello, 30/2°T) e Thiago Galhardo (Caio Vidal, 21/2°T)
Técnico: Osmar Loss
 
Atlético
Everson; Guga, Gabriel, Réver e Guilherme Arana; Allan, Jair (Dylan, 25/2°T), Tchê Tchê, Nathan (Dodô, 9/2°T, depois Marrony, 25/2°T) e Hyoran (Keno, 21/2°T); Hulk 
Técnico: Cuca
 
Gol: Nathan, 1/1°T
Cartões amarelos: Yuri Alberto, 10/1°T; Guilherme Arana, 16/1°T; Víctor Cuesta, 46/2°T
 
Motivo: quarta rodada do Campeonato Brasileiro
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre
Data e horário: 16 de junho de 2021 (quarta-feira, às 19h)
 
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP) 
Assistentes: Daniel Luis Marques (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP) 
VAR: Héber Roberto Lopes (SC)

Tags: galo atlético interiormg internacionalrs seriea