Atlético

CAMPEONATO BRASILEIRO

Antes da Libertadores, Galo empata com São Paulo e amplia folga na Série A

Atlético fica no 0 a 0 no Morumbi neste sábado, três dias antes do duelo semifinal contra o Palmeiras pelo torneio continental

postado em 25/09/2021 22:56 / atualizado em 25/09/2021 23:23

(Foto: Pedro Souza/Atlético)
O Atlético entrou em campo no Morumbi com o foco dividido. De olho na semifinal da Copa Libertadores contra o Palmeiras na próxima terça-feira, o técnico Cuca decidiu poupar alguns jogadores diante do São Paulo na noite deste sábado, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em um jogo truncado e com poucas chances claras de gol, os times ficaram no 0 a 0.


Com o resultado, o líder Atlético chegou aos 46 pontos - oito à frente do segundo colocado Palmeiras, um a mais do que no início da rodada. A vantagem aumentou porque  o time alviverde perdeu por 2 a 1 para o Corinthians , também neste sábado, na Neo Química Arena.

Atlético e São Paulo voltam a campo pela 23ª rodada da Série A no próximo fim de semana. No sábado, o time alvinegro recebe o Internacional no Mineirão, em jogo marcado para 21h. Já a equipe tricolor enfrenta a Chapecoense, na Arena Condá, a partir das 16h de domingo.

Antes do compromisso pelo Brasileirão, o Atlético tem a tão aguardada partida de volta da semifinal da Libertadores contra o Palmeiras. As equipes se enfrentam na terça-feira, a partir de 21h30, no Mineirão.

O jogo de ida terminou sem gols, na última terça, no Allianz Parque. Por isso, o vencedor avança à final. Novo 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis, enquanto qualquer outro empate é vantajoso ao Palmeiras.

Jogo truncado


Não faltou intensidade. Faltou inspiração. O primeiro tempo na noite deste sábado foi de marcação firme de duas equipes que souberam anular os pontos mais fortes do adversário. Em 48 minutos, apenas quatro finalizações (três do Atlético e uma do São Paulo), nenhuma com real perigo.

De olho no mata-mata de terça, o técnico Cuca decidiu poupar três titulares: o lateral-direito Mariano, o volante Jair e o meia Nacho Fernández. Guga, Réver e Nathan foram os substitutos. O segundo deles cumpriu papel decisivo no funcionamento tático do duelo, já que jogou ora como zagueiro, ora como meio-campista.

Quando o trio de zaga era formado - com Réver entre Nathan Silva e Junior Alonso -, os alas Guga e Guilherme Arana tinham a orientação de atacar mais. Mas faltava espaço. O São Paulo, como é costumeiro sob comando de Hernán Crespo, também atuou com três zagueiros e conseguiu brecar os avanços atleticanos.

Cuca, em determinados momentos, posicionou o time com uma dupla de zaga (Nathan Silva e Réver), Junior Alonso como lateral-esquerdo e Arana na função de meio-campista aberto pelo lado canhoto. O Atlético melhorou ligeiramente e chegou a terminar a etapa inicial com 59% de posse de bola, mas não foi suficiente.

Tudo igual


O jogo ficou um pouco mais aberto no segundo tempo. O São Paulo voltou do intervalo melhor que o Atlético e criou boas oportunidades com Rodrigo Nestor e Rigoni - este último em cobrança de falta que acertou o travessão.

Diante das dificuldades, o técnico Cuca decidiu mandar a campo dois dos titulares poupados: Jair e Nacho Fernández entraram nas vagas de Réver e Nathan, respectivamente. Alan Franco, Eduardo Sasha e Hyoran também foram apostas para mudar o panorama do segundo tempo.

Mas o cenário continuou igual. Hulk até chegou a marcar de cabeça, mas o lance foi invalidado por conta de um impedimento de Guilherme Arana no lance. O lateral-esquerdo ainda exigiu duas boas defesas de Tiago Volpi. No fim das contas, tudo igual no Morumbi.

SÃO PAULO 0 X 0 ATLÉTICO

 
São Paulo
Tiago Volpi; Arboleda, Miranda e Léo; Galeano, Luan, Liziero, Nestor (Gabriel Sara, aos 39' do 2ºT) e Welington (Reinaldo, aos 34' do 2ºT); Rigoni (Marquinhos, aos 39' do 2ºT) e Luciano (Calleri, aos 42' do 2ºT)
Técnico : Hernán Crespo
 
Atlético
Everson; Nathan Silva, Réver (Jair, aos 15' do 2ºT) e Junior Alonso; Guga, Allan (Alan Franco, aos 15' do 2ºT), Matías Zaracho (Hyoran, aos 33' do 2ºT), Nathan (Nacho Fernández, aos 15' do 2ºT) e Guilherme Arana; Eduardo Vargas (Eduardo Sasha, aos 27' do 2ºT) e Hulk
Técnico : Cuca
 
Motivo : 22ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio : Morumbi, em São Paulo
Data e horário : sábado, 25 de setembro de 2021, às 21h (de Brasília)

Cartões amarelos : Miranda, aos 21' do 2ºT (SAO); Guga, aos 38' do 1ºT (ATL)
 
Árbitro : Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)
Assistentes : Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Bruno Raphael Pires (Fifa/GO)
VAR : Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Tags: galo atleticomg interiormg futnacional saopaulosp seriea libertadores2021