UAI


Atlético: Cuca revela risco de lesão em Diego Costa e explica Nacho reserva

Treinador afirmou que ausência do meia no time titular é para prepará-lo fisicamente para o restante da temporada

13/10/2021 21:54 / atualizado em 13/10/2021 22:10
compartilhe
Diego Costa durante a vitória do Atlético por 3 a 1 sobre o Santos
foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press

Diego Costa durante a vitória do Atlético por 3 a 1 sobre o Santos


O trio de estrelas do Atlético foi tema de preocupações em função de problemas físicos nesta quarta-feira. Hulk foi vetado do jogo com o Santos em função de um edema na coxa direita; Nacho Fernández começou no banco de reservas por conta de desgaste muscular acumulado; Diego Costa saiu no intervalo porque corria alto risco de se lesionar. Na entrevista após a vitória por 3 a 1 no Mineirão, o técnico Cuca falou sobre as situações dos dois últimos.

"Nós, no intervalo, quando fizemos a troca do Diego é porque ele também estava sentindo o jogo, a perna um pouco presa. Era um risco muito grande de perdê-lo novamente. Então, a gente lançou o Sasha", iniciou o comandante alvinegro. "O Diego sentiu a perna pesada, cansada. Foi melhor a gente preservar o jogador, que é muito importante, e não correr o risco de perdê-lo novamente. A saída dele foi exclusivamente por isso", completou.

No fim de setembro, Diego Costa sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda. Por conta disso, ficou fora de quatro partidas do Atlético. Voltou no último sábado, quando entrou no segundo tempo e marcou um gol na vitória por 3 a 1 sobre o Ceará, no Mineirão. Nesta quarta-feira, foi titular do time, mas precisou ser substituído no intervalo.



Nacho Fernández


Principal nome do meio-campo do Atlético, Nacho Fernández foi reserva pela segunda partida consecutiva. O argentino apresentou sinais de desgaste muscular acumulado em jogos recentes e, por isso, a comissão técnica alvinegra resolveu preservá-lo contra o Ceará e o Santos. Nesta quarta, entrou no intervalo, fez dois gols, deu uma assistência e foi o principal nome na virada atleticana.

Deixá-lo no banco, explica Cuca, é para tê-lo à disposição nos jogos finais da temporada. "A gente está preparando o Nacho, dando a ele a condição ideal para que ele possa dar a arrancada final, porque a gente tem muitos jogos ainda", justificou o treinador.

Com a vitória sobre o Santos, o líder Atlético chegou a 56 pontos - 11 a mais que o segundo colocado Flamengo, que tem dois jogos a menos. O Galo ainda briga por outro título: o da Copa do Brasil. Na semifinal do torneio mata-mata, vai enfrentar o Fortaleza.

Atlético x Santos: fotos do jogo pelo Campeonato Brasileiro



Compartilhe