Atlético
1

COPA DO BRASIL

Valentim, do Athletico-PR, elogia Atlético: 'Tem muito a cara do Cuca'

Treinador do Furacão projetou final da Copa do Brasil, falou sobre amizade com comandante do Galo e elogiou o time mineiro

postado em 04/11/2021 16:50

(Foto: Reprodução/CBF TV)
 
O treinador Alberto Valentim, do Athletico-PR, projetou a final da Copa do Brasil, contra o Atlético, nos dias 12 e 15 de dezembro. Em entrevista concedida nesta quinta-feira (4), na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro, o comandante do Furacão elogiou o Galo e destacou: 'Tem muito a cara do Cuca'.
 
 
 
Valentim destacou o elenco do Atlético e a capacidade de investimento do clube mineiro, que conta com a parceria do mecenas Rubens Menin. Com um plantel multimilionário, o Alvinegro lidera a Série A do Campeonato Brasileiro e disputa as finais da Copa do Brasil.
 
"Todos sabem que é um elenco fortíssimo e, hoje, a condição que o Atlético está no Campeonato Brasileiro - além das qualidades individuais - tem muito a cara do Cuca. Daquilo que vem fazendo. É como o Cuca falou: está muito longe ainda e a gente vai estudando, porque temos o time disputando três competições. Mais lá para frente, vamos estudar bem a formação dele, a forma que está jogando para a gente fortalecer bem o nosso lado", projetou Valentim.
 
"Em nenhum momento, é citado valores nas nossas conversas, preleções, dias que antecedem jogos. A gente não leva para esse lado. O que a gente passa muito é aquilo que a gente vê, enxerga de tudo tático deles, de como a equipe joga e aquilo que a gente pode render. Essa é a maior motivação que a gente pode  passar para os jogadores. Uma conversa bem verdadeira para que eles deem o máximo dentro daquilo que está sendo estabelecido, treinado, mas nada em relação a valores diferentes", garantiu.
 
 
 
Valentim também falou sobre a vantagem de decidir a final da Copa do Brasil em casa. No dia 15 de dezembro, três dias após o jogo de ida no Mineirão, em Belo Horizonte, as equipes voltarão a medir forças pela taça na Arena da Baixada, em Curitiba.
 
"Eu falei agora há pouco que não é uma regra para ser campeão, mas decidir em casa acredito que possa ser sim. Vai depender muito do primeiro jogo, lógico. São duas finais. 180 minutos de uma entrega total, mas, como eu falei, queríamos mesmo decidir na Arena", afirmou.
 

Amizade com Cuca

 
Durante a entrevista, Alberto Valentim também falou sobre sua amizade com o técnico Cuca. Ele trabalhou duas vezes no Palmeiras com o atual comandante do Galo, se sagrando campeão brasileiro no ano de 2016. Em 2018, ele assumiu o Botafogo após indicação do próprio Cuca.
 
Valentim tem o treinador paranaense como um de seus mentores no futebol. Ele garante que procurou 'sugar ao máximo' das oportunidades que teve de trabalhar com o experiente profissional do futebol.
 
 
 
"Eu tenho duas passagens pelo Palmeiras. As duas com o Cuca. Eu sempre falei isso publicamente, falei para ele algumas vezes também. Quem me conhece de perto sabe que eu sempre falei de verdade. Eu sempre procurei sugá-lo ao máximo, de todo o conhecimento dele, de toda a inteligência dele, da forma como ele é intenso. Um cara que trabalha 24 horas, de verdade, para o seu clube. Fomos campeões juntos lá no Palmeiras. Depois, eu acabo saindo e indo para o Red Bull", relembrou. 
 
"Me lembro muito bem quando o Cuca me liga. Eu estava em casa, indo para Itália, passar uns dias lá. Ele me liga, me chamando para voltar com ele. Eu volto de auxiliar mais uma vez, porque foi um prazer ter trabalhado com ele - onde pude aprender muito, onde acredito também que eu tenha dado uma contribuição importante para a comissão dele. Fico feliz de encontrá-lo na final, de verdade. Falei isso no dia seguinte, em um programa, que seria um prazer encontrá-lo novamente nessa final", completou.

Tags: final entrevista cuca copadobrasil atleticomg interiormg futnacional atleticopr valentim athletico