UAI

2

Presidente diz que não tentará vetar Daronco dos jogos do Atlético

Sérgio Coelho critica desempenho do árbitro em lances polêmicos no empate com São Paulo e cobra medidas sobre suposta ameaça a Hulk

20/07/2022 13:09 / atualizado em 20/07/2022 14:49
compartilhe
Arbitragem de Anderson Daronco no empate com São Paulo revoltou Atlético
foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Arbitragem de Anderson Daronco no empate com São Paulo revoltou Atlético

Apesar das polêmicas envolvendo Anderson Daronco no jogo contra o São Paulo, o Atlético garantiu que não solicitará o veto do árbitro à Comissão de Arbitragem da CBF. 



"Não fizemos nenhum pedido para vetar o Daronco dos nossos jogos e nem vamos fazer. Não vamos vetar ninguém, pelo menos a princípio. Acreditamos na competência e na honestidade dos árbitros. Entendemos que foi mesmo um erro", declarou o presidente do Galo, Sérgio Coelho, em entrevista coletiva nesta quarta-feira (20). 

No empate sem gols com o São Paulo, no dia 10 de julho, no Mineirão, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético ficou na bronca com a arbitragem e cobrou a marcação de três pênaltis no jogo. Em nenhuma das situações, Anderson Daronco foi verificar no vídeo se houve mesmo a penalidade, já que o VAR validou as decisões de campo.

Hulk questionou as decisões da arbitragem em campo e, após o jogo, relatou que foi ameaçado por Daronco. "Toma cuidado com o que você vai falar depois. Ah, então tá bom, não é o meu último jogo". O clube alvinegro divulgou um vídeo para comprovar as declarações do atacante.

Depois de uma semana, a CBF finalmente divulgou os áudios da conversa do árbitro Anderson Daronco com Adriano Milczvski, árbitro de vídeo no empate do Atlético com o São Paulo. No lance mais polêmico, o Galo reclamou de pênalti em chegada de Miranda em Hulk, que penetrava a área em velocidade.O VAR considerou a jogada como um "choque inevitável em disputa por espaço", apesar de o atacante ter tocado primeiro na bola. 


Esclarecimentos de suposta ameaça


Na coletiva desta quarta, Sérgio Coelho criticou o desempenho de Daronco na partida. "Escandaloso o pênalti no Hulk. O VAR confirmou que o toque na bola foi do nosso atacante, a bola continuou viva para nosso atleta, o que desmonta toda a tese que foi criada de que não fora pênalti pq o Miranda tinha tocado na bola. Esperamos que aqueles  que disseram que não foi pênalti porque o Miranda havia tocado na bola revejam suas posições.  O Hulk toca na bola, o defensor atropela o jogador dentro da área, e não é pênalti?", questionou. 



O presidente atleticano ainda questionou a falta de análise da suposta ameaça de Daronco a Hulk. "Até o momento, ninguém veio a público se manifestar sobre o episódio, nem o árbitro, nem a comissão de arbitragem da CBF. Seremos incansáveis também na cobrança para que venham se posicionar. Pior: a despeito da grave suspeita, o árbitro continua a ser escalado em jogos do Brasileirão e Copa do Brasil.  Eu pergunto: e se o Hulk tivesse feito uma ameaça ao árbitro? Seria expulso e, muito provavelmente, levaria severa punição do STJD", declarou. 

Contratações dos times da Série A para o segundo semestre



Compartilhe