UAI

2

Presidente questiona não afastamento de árbitros após erros contra o Galo

Árbitros do VAR que erraram no Palmeiras x São Paulo foram afastados imediatamente, enquanto quem errou contra o Atlético seguiu trabalhando

20/07/2022 12:15 / atualizado em 20/07/2022 14:34
compartilhe
Sérgio Coelho questionou
foto: Bruno Sousa/Atlético

Sérgio Coelho questionou "dois pesos e duas medidas" da Comissão de Arbitragem

O presidente do Atlético, Sérgio Coelho, convocou uma entrevista coletiva para questionar a fase atual da arbitragem no futebol brasileiro. Em um dos pontos do texto lido pelo mandatário alvinegro, o Galo questiona o uso de "dois pesos e duas medidas" em relação ao afastamento de árbitros.




No entanto, nenhum afastamento aconteceu em erros cometidos contra o Atlético. Sérgio Coelho, então, disparou. 

"Os árbitros do VAR que cometeram erro no jogo Palmeiras x São Paulo foram imediatamente suspensos e não atuaram no jogo Athletico-PR x Inter, para o qual estavam escalados. E os árbitros que apitaram esses nossos jogos e cometeram esses erros absurdos, muito piores que no jogo do Palmeiras contra o São Paulo? Por que não foram punidos? Por que continuam trabalhando como se nada tivesse acontecido?", questionou.

E completou: "Senhor presidente da comissão de arbitragem, por que dois pesos e duas medidas? Reitero: os sucessivos erros contra o Galo e demais clubes estão manchando o futebol brasileiro".

Erros de arbitragem 


Entre os erros citados contra o Atlético estão: a não expulsão de Danilo Barcelos, lateral do Goiás, nos primeiros minutos do jogo pelo Campeonato Brasileiro; um pênalti não marcado contra o Bragantino; pênaltis não marcados contra o São Paulo, mas que em lances similares foram assinalados contra o Galo.

Apesar da reclamação, o Atlético deixa claro que é a favor da profissionalização da arbitragem no futebol brasileiro.

"O Galo apoia a profissionalização da arbitragem brasileira, o treinamento dos profissionais e a melhoria nas condições de trabalho dos árbitros de campo e de vídeo", conclui o mandatário.

Contratações dos times da Série A para o segundo semestre



Compartilhe