Athletico Paranaense

ATLÉTICO

Zago diz que desfalques pesaram contra Atlético e revela comunicação com comissão de Sampaoli durante derrota

Com COVID-19, técnico não esteve no banco de reservas do Mineirão no revés desta quarta-feira por 2 a 0 contra o Athletico-PR, pelo Brasileiro

postado em 18/11/2020 22:02 / atualizado em 18/11/2020 22:42

(Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
surto de COVID-19 na Cidade do Galo impediu o técnico Jorge Sampaoli e vários integrantes da comissão técnica de estarem no Mineirão nesta quarta-feira. Coube, portanto, ao técnico do time de transição, Leandro Zago, a missão de comandar a equipe na derrota por 2 a 0 para o Athletico-PR.


Durante a partida - válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro -, quem esteve no banco de reservas se comunicou com a comissão técnica de Sampaoli. Resta a dúvida sobre como esses profissionais conseguiram acompanhar o jogo de casa, já que não houve transmissão de nenhuma emissora de TV.

Ao falar sobre o desempenho do time, Zago confirmou que manteve contato com a comissão técnica “titular” para buscar alternativas para virar o jogo no Mineirão. Christian e Nikão, ambos no primeiro tempo, marcaram os gols do time paranaense, que conseguiu a terceira vitória consecutiva.

 

“A gente tentou, ao longo do jogo, várias alternativas que foram sendo passadas pela comissão do Sampaoli. A gente esteve em comunicação permanente com eles para a gente poder tentar ter vantagem ali e conseguir criar chances de gol. E a gente não conseguiu, hoje, criar muitas chances claras de gol, praticamente nenhuma, sempre com bolas divididas”, disse Zago.

Desfalques


Para o treinador, a quantidade de desfalques atrapalhou o funcionamento do time na noite desta quarta. No total, foram 12 ausências:

  • Goleiro: Victor (COVID-19)
  • Laterais: Guga (COVID-19) e Mariano (lesão)
  • Zagueiros: Junior Alonso (Seleção Paraguaia), Réver (COVID-19) e Gabriel (COVID-19)
  • Volante: Allan (COVID-19)
  • Meia: Alan Franco (COVID-19)
  • Atacantes: Eduardo Vargas (COVID-19), Diego Tardelli (lesão), Sávio (COVID-19) e Jefferson Savarino (Seleção Venezuelana)

“O Athletico-PR veio como a gente esperava, marcando em linhas mais baixas. Nós tivemos que movimentar a bola com um pouco mais de velocidade. Isso exige uma coordenação grande da equipe”, prosseguiu.

“É algo que a nossa equipe faz muito bem, em geral, durante os jogos. Hoje, a gente não conseguiu ter essa velocidade, pelas trocas, pelas situações que aconteceram. Isso teve um impacto muito grande, porque a gente não conseguiu desequilibrar a equipe do Athletico-PR, as linhas de defesa deles, e, principalmente, não conseguimos ser agressivos na última linha”, completou.

Ainda sem Sampaoli no banco de reservas, o Atlético volta a campo neste domingo, a partir das 16h, contra o Ceará. A partida no Castelão vale pela 22ª rodada da Série A. Apesar da derrota no Mineirão, o time mineiro ainda é líder, com 38 pontos - dois a mais que Internacional, São Paulo e Flamengo. Os paulistas, porém, disputaram três jogos a menos.

Tags: galo zago atleticomg interiormg futnacional atleticopr seriea