Cruzeiro

AMÉRICA

América: Lisca diz que Ademir tem 'boas chances' de voltar ao time titular

Atacante saiu do banco de reservas para marcar o gol da vitória do América nos minutos finais do clássico contra o Cruzeiro

postado em 03/05/2021 17:15 / atualizado em 03/05/2021 17:12

(Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Nesse domingo, o atacante Ademir, de 26 anos, entrou aos 33 minutos do segundo tempo na partida contra o Cruzeiro para marcar o gol da vitória do América por 2 a 1, de virada, pela partida de ida da semifinal do Campeonato Mineiro. Segundo o técnico Lisca, com a boa atuação, o jogador tem ‘boas chances’ de ser titular no jogo de volta contra a Raposa. 

Após ser protagonista do Coelho na temporada passada e uma quase transferência ao Palmeiras, Ademir ficou no banco nas últimas quatro partidas do time no estadual e entrou em duas. No entanto, Lisca afirmou que o retorno do atacante aos 11 iniciais está muito próximo de ocorrer. 

“O Ademir é um jogador que a cada vez mais está se reintegrando ao nosso plantel. Esse gol foi fundamental, dá confiança para ele e para o grupo em cima de todas as situações que aconteceram. O Ademir é jogador do América, bem integrado. Como todos os jogadores de futebol, o mercado está aí. Quem quiser comprar o Ademir, é o preço que o América estipula e, se não tiver, o Ademir está jogando com a gente. (Ele tem) Muitas boas chances de retornar a equipe titular em breve. Talvez já para a próxima partida (contra o Cruzeiro). Ele vem treinando muito bem e por isso o coloquei no jogo”, afirmou o técnico, em entrevista coletiva após a partida contra o Cruzeiro.

Para Lisca, o gol marcado dá confiança ao atleta e ao grupo do América. “Soltamos o Ademir, que está retornando. Acho que hoje foi a volta definitiva dele, com esse gol importantíssimo. É um cara muito importante para nós. Estamos nos reequilibrando na questão de concentração e de foco”, disse.
 
 
Ao fim do jogo, Ademir já havia falado que o gol foi a sua ‘volta por cima’. “Resumo como volta por cima. Ontem, na véspera do jogo, eu estava pensando que, se fizesse um gol, esse gol seria sinônimo de volta por cima. Estou feliz por isso. Tudo acontece no momento certo. Se não foi para sair (transferência para o Palmeiras não deu certo), é porque Deus tem um propósito pra mim”, declarou ao Premiere. 

Negociações e polêmica


Recentemente, no final de abril, o diretor de futebol do América, Armando Desessards, afirmou que as negociações para a venda de Ademir ao Palmeiras se encerraram. Principal interessado no atacante, a equipe paulista não chegou aos valores que o Coelho desejava.
 
Em março, Ademir se envolveu em uma polêmica com o presidente do América, Alencar da Silveira. O atacante se recusou a entrar em campo na partida contra o Treze-PB, na estreia da equipe na Copa do Brasil. O dirigente não gostou da atitude do jogador e disse que o ato foi ‘molecagem’

No dia seguinte, Ademir se explicou em post no Instagram. Ele disse que foi informado pelo próprio clube mineiro, na véspera partida, que seria negociado. No dia do confronto, segundo ele, foi avisado que não havia proposta e que deveria entrar em campo, o que foi recusado pelo jogador. 

O ponta direita chegou ao América em 2018. Pelo clube, marcou 18 gols em 85 jogos e foi fundamental para a equipe conquistar a vaga de acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro.  

Tags: america coelho ademir cruzeiroec interiormg futnacional lisca