Cruzeiro

CAMPEONATO BRASILEIRO

Na estreia pelo Brasileiro, Cruzeiro leva virada para o Flamengo e perde invencibilidade em 2019

Time celeste caiu de produção no segundo tempo e foi derrotado no Rio

postado em 27/04/2019 22:55 / atualizado em 01/05/2019 22:57

<i>(Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)</i>
O Cruzeiro conheceu sua primeira derrota na temporada 2019 ao levar virada do Flamengo na noite deste sábado, no Maracanã, pela rodada de abertura do Campeonato Brasileiro. O time celeste até saiu na frente, com gol de Pedro Rocha, aos 39min da etapa inicial, mas levou o empate no minuto seguinte, em finalização de Bruno Henrique. No segundo tempo, Bruno Henrique voltou a balançar a rede e Gabriel fechou a vitória rubro-negra em 3 a 1.

Com o revés no Rio de Janeiro, o time celeste perdeu invencibilidade de 22 partidas: 21 em 2019 (16 vitórias e cinco empates) e uma em 2018 (um empate). Curiosamente, a última equipe que havia triunfado sobre a Raposa era justamente o Flamengo, no dia 25 de novembro do ano passado, pela 37ª rodada do Brasileiro, no Mineirão: 2 a 0.

Na próxima quarta-feira, feriado do Dia do Trabalhador, o Cruzeiro enfrentará o Ceará, às 19h15, no Mineirão, pela segunda rodada do Brasileiro. Por sua vez, o Flamengo visitará o Internacional no mesmo dia, às 16h, no Beira-Rio, em Porto Alegre.

O jogo

Mano Menezes já havia indicado na sexta-feira que o lateral-direito Edilson, o lateral-esquerdo Dodô, o volante Lucas Romero e o armador Rodriguinho voltariam à equipe. A grande novidade foi a presença do atacante Pedro Rocha entre os titulares. Ele atuou aberto pelo lado esquerdo, enquanto o meia Marquinhos Gabriel supriu a ausência de Robinho na direita. Além dessas mudanças, o treinador escalou o zagueiro Murilo na vaga de Leo, vetado por causa de indisposição. No lado do Flamengo, Abel Braga colocou força máxima. Destaque para o quarteto ofensivo formado por Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel.

Nos primeiros minutos, as equipes até encontravam espaço para tocar a bola no meio-campo e na intermediária de ataque. Porém, quando tentavam alguma infiltração na área em jogadas de triangulação, esbarravam na marcação adversária. O Cruzeiro tentou aos 26min, em tabela entre Pedro Rocha e Fred. César, goleiro do Flamengo, foi ágil e saiu para defender. O Flamengo respondeu aos 36min, quando Bruno Henrique cortou para o pé esquerdo e bateu rasteiro em cima de Murilo.

Aos 39min, o Cruzeiro finalmente conseguiu encaixar boa jogada. O lance começou ainda na defesa, com Marquinhos Gabriel, e passou por Pedro Rocha, que tocou de primeira para Fred e correu nas costas de Pará para receber a bola na entrada da grande área. Em velocidade, o camisa 32 deixou os defensores rubro-negros para trás e bateu na saída de César: 1 a 0.

<i>(Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)</i>

Mal deu tempo de a Raposa comemorar. O Flamengo deu a saída de jogo e partiu em direção ao ataque. No cruzamento de Éverton Ribeiro, Fábio se precipitou ao sair do gol e foi antecipado por Bruno Henrique, que cabeceou para cima e conseguiu completar o lance dando um pontapé: 1 a 1. Gabriel, em posição de impedimento, apenas se aproximou, sem participar efetivamente da jogada. Caso o centroavante tivesse encostado na bola, provavelmente o árbitro de vídeo atestaria irregularidade.

Em função do duelo equilibrado nos primeiros 45 minutos, os times voltaram com as mesmas formações para o segundo tempo. O Flamengo começou em cima, com marcação adiantada, controle da posse de bola e avanço pelas beiradas, enquanto o Cruzeiro pecou nos erros de passe, principalmente no meio-campo.

Aos 10min, o Fla quase marcou com Gabriel, que acertou a rede pelo lado de fora depois de falha da defesa celeste na tentativa de corte em cobrança de escanteio. Aos 14min, a Raposa encaixou um contragolpe, mas Marquinhos Gabriel demorou a tocar para Fred e foi desarmado dentro da área.

Com Rodriguinho apagado na partida, Mano Menezes colocou Thiago Neves aos 16min. Depois, quando se preparava para acionar Lucas Silva no lugar de Lucas Romero, viu a equipe ser envolvida pelo Flamengo. Aos 21min, Willian Arão tabelou com Gabriel, correu à linha de fundo e tocou para o meio da grande área. Bruno Henrique bateu forte, a bola desviou no zagueiro Dedé e enganou o goleiro Fábio: 2 a 1.

Depois de levar a virada, o Cruzeiro não deu qualquer perspectiva de que buscaria o empate. Já o Flamengo aumentou ainda mais o volume de jogo, com 66% de posse de bola, segundo o Footstats, e chances para fazer mais gols. Na reta final, o técnico Mano Menezes recebeu cartão amarelo por reclamar com o árbitro Anderson Daronco. Já o zagueiro Murilo, que enfrentou muitas dificuldades principalmente na bola aérea, levou o vermelho ao fazer falta em Bruno Henrique. Com um jogador a mais, o rubro-negro aumentou a vantagem aos 44min. Bruno Henrique ganhou de Dedé e finalizou rasteiro. Fábio rebateu a bola em direção a Gabriel, que estava livre para marcar o terceiro: 3 a 1.

Com placar confortável, o técnico Abel Braga colocou o veterano Juan para se despedir dos gramados. Ele se aposentou oficialmente aos 40 anos, com 331 jogos, 33 gols e sete títulos pelo clube. No último minuto da partida, o zagueiro Rodrigo Caio, do Flamengo, chocou-se com Dedé, do Cruzeiro, e caiu desacordado na grande área. Por causa da gravidade da pancada, o camisa 3 precisou ser retirado do gramado de ambulância. Ao ser socorrido, ele já se encontrava consciente e foi encaminhado para o hospital.

FLAMENGO 3X1 CRUZEIRO

FLAMENGO
César; Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Cuéllar e Willian Arão; Everton Ribeiro (Juan, aos 45min do 2ºT), Arrascaeta (Diego, aos 29min do 2ºT) e Bruno Henrique; Gabriel.
Técnico: Abel Braga

CRUZEIRO
Fábio; Edilson, Dedé, Murilo e Dodô; Henrique e Lucas Romero (Lucas Silva, aos 23min do 2ºT); Pedro Rocha (Rafinha, aos 24min do 2ºT), Rodriguinho (Thiago Neves, aos 16min do 2ºT) e Marquinhos Gabriel; Fred
Técnico: Mano Menezes

Gols: Bruno Henrique, aos 40min do 1ºT e aos 21min do 2ºT; Gabriel, aos 44min do 2ºT (FLA); Pedro Rocha, aos 39min do 1ºT (CRU)

Cartões amarelos: Pará, aos 24min do 1ºT; Léo Duarte, aos 4min, Gabriel, aos 16min, Diego, aos 48min do 2ºT (FLA); Murilo, aos 4min do 1ºT e aos 39min do 2ºT; Lucas Romero, aos 6min, Edilson, aos 16min, Fred, aos 33min, Mano Menezes, aos 35min, Thiago Neves, aos 43min do 2ºT (CRU)

Cartão vermelho: Murilo, aos 39min do 2ºT (CRU)

Motivo: primeira rodada do Campeonato Brasileiro

Estádio: Maracanã

Data: sábado, 27 de abril de 2019

Árbitro: Anderson Daronco (FIFA/RS)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

Árbitro de vídeo: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes do árbitro de vídeo: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)

Pagantes: 29.459

Presentes: 35.016

Renda: R$ 1.311.592,00 

Tags: flamengo cruzeiro seriea interiormg futnacional flamengorj