Cruzeiro

CORONAVÍRUS

Cruzeiro faz parceria com laboratório para testes rápidos, e médico garante: 'Podemos retornar'

Sérgio Campolina reforçou que clube aguarda apenas liberações legais

postado em 30/04/2020 16:46 / atualizado em 30/04/2020 17:02

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Chefe do departamento médico do Cruzeiro, Sérgio Campolina voltou a afirmar nessa quarta-feira, em entrevista à Rádio 98FM, que o clube está preparado para reiniciar os trabalhos do elenco profissional na Toca da Raposa II. Ele revelou que a direção celeste fechou parceria com um laboratório por testes rápidos para diagnosticar possíveis quadros de COVID-19.

“O Cruzeiro, pela nossa estrutura, poderia voltar amanhã se necessário. Todo nosso protocolo está treinado, montado, delegada a função para quem deve. O circo está armado, mas para colocar em prática, não temos uma data, uma certeza. A gente tem um problema de saúde, mas tem problemas legais, jurídicos, os clubes ficam nessa situação com as federações, CBF. Um impasse que vai além do problema de saúde”, disse.

“No Cruzeiro vamos evitar improvisos (...) Fizemos parceria com um laboratório que comprou 500 mil testes. Conseguimos um custo até interessante. Não adianta comprar o kit. Precisa de alguém lá para furar o dedo, interpretar o resultado. Não é para jogador levar para casa. Está tudo armado. A vantagem de ter uma estrutura é que, se precisar de algo além do teste rápido, vamos ter”, garantiu Campolina.

O médico voltou a explicar que o protocolo seguirá padrões internacionais. Cada jogador terá temperatura medida ainda na portaria do CT e realizará exame de sangue para o teste rápido de COVID-19. “O atleta vai ter espaço pré-determinado na Toca, não vai ter contato com ninguém, vai ficar ele, mais um ou outro jogador. E aí vai fazer a progressão na medida do tempo. A estrutura está toda montada, só falta acontecer”, disse.

O Cruzeiro ainda pretende refazer alguns testes de pré-temporada nos jogadores de seu elenco. De acordo com Campolina, estão previstos, por exemplo, exames cardiopulmonares, que podem apresentar alguma mudança em função de possível contaminação. “Nosso grupo é muito saudável. Dificilmente jogador manifesta problema de saúde de outras naturezas. Temos que trabalhar com o improvável”, avaliou.

A ideia do Cruzeiro é voltar aos trabalhos já na próxima semana. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) autorizou que os jogadores retornem das férias nesta sexta-feira, quando acabam os 30 dias previamente combinados entre clube e atletas.  A Raposa aguarda, no entanto, posicionamentos dos governos estaduais e municipais, além da Federação Mineira de Futebol. 

Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional