Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro reformula elenco e abre mão de Judivan, Welinton, João Lucas e Giovanni

Jogadores estão autorizados a acertar com outros clubes

postado em 07/09/2020 16:24 / atualizado em 07/09/2020 18:48

(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)
O Cruzeiro iniciou um processo de intensa reformulação do elenco. Além de Patrick Brey, caso já explicado pelo presidente Sérgio Santos Rodrigues, outros quatro jogadores foram avisados de que não estão nos planos do clube para a sequência da Série B: os laterais-esquerdos João Lucas e Giovanni e os atacantes Welinton e Judivan.

Da informação publicada pelo site Deus Me Dibre, o Superesportes confirmou as situações de Judivan e Welinton. O primeiro teve a situação definida nesta segunda-feira, enquanto o segundo foi comunicado na última sexta. As partes vão negociar se o melhor caminho é a rescisão de contrato, a venda dos direitos econômicos ou um empréstimo.

Fabrício Zanello, empresário de Judivan, lamentou a decisão do Cruzeiro. “Por toda a história do Judivan (10 anos de clube), e por toda a sua luta e resiliência para curar o seu joelho, ter que passar por esta situação humilhante, depois de estar 100% curado e numa evolução crescente física e técnica, nos deixou muito tristes e decepcionados”.

De acordo com o agente, o atacante de 25 anos deixou de fazer parte dos planos da comissão técnica. “Sinceramente, estamos sem entender até agora, mas, segundo foi passado para mim e para o Judivan, foi por decisão do treinador Enderson Moreira, que não tem interesse em utilizá-lo no Cruzeiro”.

Tão logo Judivan recebeu o aviso de que não permaneceria no Cruzeiro, Zanello começou a receber sondagens, inclusive do exterior. Entretanto, não há nenhuma situação concreta. O empresário agradeceu ao clube por ter acolhido o atleta desde os 14 anos de idade, em 2009.

“De qualquer forma, independentemente da decisão atual do Cruzeiro, sempre teremos uma gratidão e respeito à entidade Cruzeiro Esporte Clube, que acolheu o Judivan quando ele tinha apenas 14 anos de idade, e o lançou para a Seleção Brasileira Sub-20, e para o futebol profissional, inclusive, sendo campeão brasileiro”.

Judivan era um dos jogadores mais promissores das categorias de base da Raposa. Contudo, uma grave lesão sofrida durante o Mundial Sub-20 de 2015, do qual o Brasil foi vice-campeão, deixou o centroavante fora dos gramados por mais de dois anos. Ele foi atingido no joelho esquerdo pelo zagueiro uruguaio Mauricio Lemos, que hoje atua no Fenerbahçe, da Turquia. Em 33 partidas pelo Cruzeiro, Judivan marcou três gols.

Welinton


(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)
Welinton, de 21 anos, é outra cria das categorias de base que não continuará na Toca II. Conforme apurou a reportagem, o jogador recebeu a notícia com surpresa, visto que não havia comprometido nas oportunidades que recebeu nos minutos finais das partidas.

Em 13 jogos este ano, todos entrando no intervalo ou no decorrer do segundo tempo, ‘Torrão’, como é conhecido o ponta-direita, marcou um gol e deu uma assistência.

A ideia do estafe de Welinton é acertar a rescisão de contrato com o Cruzeiro para que o jogador siga a carreira em outro clube. Um empréstimo, a princípio, não estaria nos planos dos representantes do atacante.

João Lucas e Giovanni


(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)
A posição mais questionada do elenco do Cruzeiro em 2020 é a lateral esquerda. Contratado sob o aval de Adilson Batista, que o treinou no Ceará, João Lucas ficou notabilizado pelas falhas defensivas, erros de passe e ineficiência no apoio. Giovanni, que foi campeão da Série B de 2017 pelo América, sob o comando de Enderson Moreira, chegou do Bahia com a expectativa de resolver o problema, mas repetiu o mau rendimento do companheiro. Segundo o Deus Me Dibre, ambos estão fora dos planos do clube.

O Superesportes procurou Guilherme Miranda, do grupo Elenko Sports, que representa João Lucas. Ele afirmou desconhecer a informação de que seu cliente foi liberado para acertar com outro time. A reportagem também fez contato telefônico com Giovanni, além de enviar mensagem no WhatsApp, mas o jogador não atendeu e nem respondeu.

João Lucas e Giovanni nem sequer ficaram no banco de reservas no jogo da última quarta-feira, contra o Brasil de Pelotas, no estádio Bento Freitas, no Rio Grande do Sul. O jovem Matheus Pereira, de 19 anos, atuou por 90 minutos na derrota do Cruzeiro por 1 a 0, pela sétima rodada da Série B.

O contrato de João Lucas, que marcou um gol em 15 partidas pelo Cruzeiro, vai até dezembro deste ano. Já Giovanni, autor de um tento em sete jogos na temporada, assinou vínculo mais longo, até o fim de 2021.

Posicionamento do Cruzeiro


Em posicionamento enviado ao Superesportes, o Cruzeiro disse que está tratando internamente as situações de Judivan, Welinton, João Lucas e Giovanni e vai se posicionar quando tiver alguma coisa concreta.

Na 17ª posição da Série B, com quatro pontos, o time joga contra o CRB, às 20h desta segunda-feira, no Mineirão, pela oitava rodada. A vitória é fundamental para a continuidade do trabalho de Enderson Moreira.

Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional mercadobola