Cruzeiro

CRUZEIRO

Saída de lateral Patrick Brey esfria, mas Cruzeiro se mantém disposto a negociá-lo

Clube celeste não aceitou as condições para ampliar contrato do jogador

postado em 01/10/2020 20:30 / atualizado em 01/10/2020 20:37

(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)
As negociações de Patrick Brey com um time do futebol alemão não avançaram. Enquanto isso, o lateral-esquerdo segue treinando separadamente do grupo principal do Cruzeiro na Toca da Raposa II.

Em entrevista nesta quinta-feira, o diretor de futebol Deivid explicou que o clube não aceitou as condições apresentadas pelo estafe do jogador para a ampliação de contrato. 

“No caso do Patrick Brey, você tem uma negociação em que o empresário puxa para o lado dele, e o clube achando que é melhor fazer para o clube. A proposta que recebemos achamos que não é de acordo com o que queríamos. Preferimos ficar em stand-by”, disse o dirigente, deixando o atleta livre para buscar o seu caminho. “Se o jogador tiver uma proposta melhor que a do Cruzeiro, estamos dispostos a negociá-lo”.

Patrick Brey tem vínculo com o Cruzeiro até 31 de março de 2021. Ele foi contratado ao lado de Renato Kayzer, em 2018, após se destacar no Campeonato Mineiro pelo Tupi.

Antes da pandemia de COVID-19, o jogador defendeu a Ferroviária-SP no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil. Com o retorno das competições, no fim de julho, foi reintegrado ao elenco celeste e disputou quatro partidas: duas no Mineiro e duas na Série B.

Assim como João Lucas, emprestado ao Avaí, e Giovanni - que chegou a ser dispensado, mas depois foi reintegrado ao grupo principal -, Patrick Brey não alcançou rendimento satisfatório no Cruzeiro.

Promovido da base após quase ser emprestado ao Estoril, Matheus Pereira assumiu a titularidade na ala esquerda e se destacou tanto na marcação quanto no apoio. Em sete jogos, o jovem de 19 anos marcou um gol, na derrota por 3 a 1 para o CSA (10ª rodada), e deu uma assistência, na vitória por 3 a 0 sobre a Ponte Preta (12ª rodada).

Tags: Cruzeiro lateral-esquerdo interiormg futnacional mercadobola Patrick Brey