MMA

LUTO NO MMA

Antes de morrer, Kimbo Slice precisava de um transplante de coração e apresentava tumor

Lutador que faleceu na segunda-feira passada, na Flórida, estava na UTI

postado em 08/06/2016 20:58 / atualizado em 09/06/2016 08:46

Getty Images
As causas da morte de Kimbo Slice, que faleceu na noite de segunda-feira passada, na Flórida, começam a ser divulgadas. O lutador, que estava com 42 anos e era vinculado ao Bellator, não resistiu a uma insuficiência cardíaca e necessitava de um transplante de coração. Ele tinha ainda um tumor no fígado, detectado em exames ao dar entrada em um hospital na sexta-feira (3).

O jornal Sun Sentinel, da Flórida, trouxe a informação que Kimbo Slice foi internado no Northwest Medical Center, em Margate, na Flórida, sexta-feira passada. Ele reclamava de dores na região abdominal, dificuldade para respirar e náuseas. Submetido a exames, ficou constatado um tumor no fígado, além de problemas cardíacos antigos.

Kimbo Slice foi internado na unidade de tratamento intensivo (UTI) do hospital e os médicos apontaram a necessidade de um transplante de coração. Mas o lutador acabou não resistindo e veio a falecer na segunda-feira passada. Ele deixou seis filhos e uma companheira, Antoinette Ray, com quem vivia há muitos anos.

Kimbo lutou pela última vez no Bellator 149, em 19 de fevereiro, em Houston, quando nocauteou Dhafir ‘Dada 5000’ Harris, que acabou no hospital e quase morreu depois de ter duas paradas cardíacas. A organização informou ao site TMZ que os exames de Slice, realizados antes do duelo, não apontaram problema com o peso pesado, que passou também pelo UFC.

Tags: morte bellator transplante de coração problemas respiratórios tumor no fígado kevin ferguson kimbo slice