MMA

UFC

UFC obtém liberação para eventos em sua nova casa em Las Vegas

Sem público, edições marcarão estreia no moderno UFC Apex

postado em 27/05/2020 17:45 / atualizado em 27/05/2020 18:02

(Foto: Chris Unger/UFC)
Como esperado, o UFC conseguiu a liberação para promover eventos em Las Vegas, em meio à pandemia do novo coronavírus. Com a permissão do governo do estado de Nevada, dentro da 'Fase 2' do processo de flexibilização da quarentena, e a consequente autorização da comissão atlética local, a franquia realizará duas edições consecutivas em suas novas instalações, o Instituto de Perfomance do UFC (UFC Apex), com protocolo rígido de saúde para dar segurança a atletas e funcionários.

Os dois eventos serão os primeiros do UFC em seu novo prédio, com modernas instalações para transmissões ao vivo e produzidas para TV, em Las Vegas. O primeiro será o UFC: Woodley x Burns, no sábado que vem, dia 30. O segundo será o UFC 250, em 6 de junho, com Amanda Nunes x Felicia Spencer na luta principal, pelo cinturão do peso pena (até 66kg). Ambas as edições não terão presença de público, o que ainda é proibido na região por causa da COVID-19.

Nesta quarta-feira, a Comissão Atlética de Nevada, que regulamenta eventos de luta no estado, aprovou, em votação unânime, a realização dos eventos no UFC Apex. Ao mesmo tempo, a entidade deu aval para o protocolo de segurança criado pelo UFC, com medidas ainda mais rígidas no controle dos atletas e funcionários que trabalharão nas duas edições. 

O diretor-executivo da Comissão Atlética de Nevada, Bob Bennett, disse que a entidade trabalhou em conjunto com o UFC na elaboração do protocolo de saúde para os dois eventos. Segundo ele, ‘tudo caminha seguindo o plano de operações e protocolos’. Detalhes, no entanto, foram divulgados de forma escassa na reunião desta quarta-feira. 

O UFC criou protocolo de 25 páginas com medidas contra o novo coronavírus, para os três eventos consecutivos em Jacksonville, na Flórida, entre os dias 9 e 16 deste mês. Como houve algumas falhas na realização de exames e até na divulgação de testes, a franquia enrijeceu as normas para todos os envolvidos nas edições marcadas para o UFC Apex. 

O protocolo determina a realização de mais testes, tanto os de amostra de sangue como os de secreção nasal, para lutadores, integrantes das equipes e funcionários do hotel que servirá de concentração. Os atletas deverão passar por novo exame logo após a pesagem, na véspera do evento, e só poderão deixar o quarto para se locomoverem ao UFC Apex, com transporte oficial da organização. Além disso, só poderão ter contato com os respectivos treinadores. 



UFC: Woodley x Burns


Sábado, 30 de maio
UFC Apex, Las Vegas

Card principal
Tyron Woodley x Gilbert Burns Durinho
Augusto Sakai x Blagoy Ivanov
Billy Quarantillo x Spike Carlyle
Roosevelt Roberts x Brok Weaver
Mackenzie Dern x Hannah Cifers

Card preliminar
Katlyn Chookagian x Antonina Shevchenko
Daniel Rodriguez x Gabriel Green
Klidson Abreu x Jamahal Hill
Tim Elliott x Brandon Royval
Casey Kenney x Louis Smolka
Chris Gutierrez x Vince Morales



UFC 250


Sábado, 6 de junho
UFC Apex, Las Vegas

Card principal
Amanda Nunes x Felicia Spencer – cinturão peso pena
Raphael Assunção x Cody Garbrandt
Aljamain Sterling x Cory Sandhagen
Neil Magny x Anthony Rocco Martin
Sean O’Malley x Eddie Wineland

Card preliminar
Chase Hooper x Alex Caceres
Ian Heinisch x Gerald Meerschaert
Charles Byrd x Maki Pitolo
Brian Kelleher x Cody Stamann
Jussier Formiga x Alex Perez
Alonzo Menifield x Devin Clark

Tags: pandemia las vegas UFC comissão atlética de nevada COVID-19 UFC 250 protocolo de segurança novo coronavírus UFC Apex Instituto de Performance do UFC